PF investiga desvios de recursos da merenda escolar no Tocantins

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (12) a Operação Micalea, para investigar a participação de empresários e servidores públicos municipais suspeitos de desviarem recursos da merenda escolar no município tocantinense de Formoso do Araguaia.

De acordo com a PF, os indícios dos desvios surgiram após a identificação de problemas na qualidade da merenda fornecida aos alunos da rede pública de educação do município.

Veja também:
Escola SESI Amapá oferta bolsas de estudo integrais para alunos dependentes de industriário
MPF recorre à Justiça para que Mazagão (AP) cumpra previsão legal de adquirir alimentos da agricultura familiar
Cantor Loham lança single inspirado na trajetória dos avós

Os policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão na cidade de Formoso do Araguaia. As ordens judiciais foram expedidas pela Vara Federal Cível e Criminal no município de Gurupi.

O nome da operação, Micalea, é uma palavra que deriva do latim e significa migalhas, em referência à quantidade e a baixa qualidade da merenda servida aos alunos.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: