AGU aciona STF para Pazuello poder ficar calado em depoimento à CPI da Covid

Depoimento que inicialmente seria no dia 5 foi adiado para o próximo dia 19 porque o ex-ministro disse ter tido contato com infectados

A Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (13) para que o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello possa ficar em silêncio quando julgar que não precisa responder a perguntas feitas por senadores durante seu depoimento à CPI da Covid. A AGU quer também garantir que ele fique imune a ameaças como prisão, como ocorreu com o ex-secretário de Comunicação Fábio Wajngarten.

  • Esta nota está em atualização

Via Último Segundo – IG

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: