EBC regrava cena da primeira radionovela do país

Em breve, os ouvintes das Rádios Nacional e MEC, telespectadores da TV Brasil e seguidores das redes sociais da Empresa Brasil de Comunicação vão poder reviver ou conhecer uma experiência única: uma cena da primeira radionovela do país, Em Busca da Felicidade.

A produção, um verdadeiro sucesso de público em 1941, foi gravada nesta terça-feira e será veiculada a partir do dia 15 deste mês nos canais da EBC.  A gravação celebra os 80 anos do gênero no país, que nasceu nos estúdios da Rádio Nacional e virou o queridinho dos brasileiros e marca registrada da teledramaturgia.

A cena romântica de um minuto, um diálogo entre os protagonistas Alice e Carlos, foi gravada no recém inaugurado Museu da Rádio Nacional, no estúdio recriado exatamente como na época com itens originais.

Milhares de lares brasileiros aguardavam ansiosos o anúncio de mais um capítulo da saga de uma jovem que foi criada por um casal rico e que se descobre filha da empregada da família.

O gerente da Rádio MEC, Thiago Regotto conta que o trecho escolhido explora os mais diversos efeitos sonoros, tão utilizados nas produções da época, que faziam o ouvinte viajar para dentro da trama.

A atriz Amanda Tamarozzi, que interpreta a protagonista Alice, se disse emocionada em atuar em algo tão marcante e falou que foi um desafio trabalhar com o texto de uma radionovela.

A cena foi dirigida por Valdecir de Oliveira e Bruno Barros. Valdecir conta que para a recriação e adaptação da cena de uma produção radiofônica da primeira metade do século passado foi necessário realizar uma pesquisa e buscar referências da época.

Bruno Barros acrescenta que a produção também foi adaptada para a televisão e na sua opinião o maior desafio foi trazer para o telespectador a emoção da época.

A encenação ganhou uma audiência ilustre. O radioator Laio Júnior, que atuou em radionovelas da Rádio Nacional entre as décadas de 1970 e 1990. Laio Júnior se emocionou ao reviver parte dessa história.

A cena gravada faz parte do capítulo 20 do primeiro ano de transmissão de Em Busca da Felicidade, já que seu sucesso fez com que a narrativa se estendesse por dois anos.

Os registros sonoros da versão original, gravados em acetato à base de vidro, não resistiram ao tempo, mas parte do roteiro continua preservada no Acervo da EBC, no Rio de Janeiro, e recebeu o certificado do Programa Memória do Mundo da Unesco,  Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Edição: Sheily Noleto/ Beatriz Arcoverde

EBC

Clique aqui e Inscreva-se agora!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: