Prêmio Tucuju de Ouro, maior Premiação da Amazônia, tem realização adiada em razão da pandemia

O Grupo Conceito de Comunicação, organizador do Prêmio Tucuju de Ouro, decidiu na quarta-feira, 9, adiar a entrega das estatuetas aos melhores do ano 2020, que estava marcada para esta quinta-feira, 10, na Mont Blanc Eventos.

O evento tradicionalmente acontece em dezembro de cada ano, mas em razão da Pandemia, teve sua realização adiada no final do ano passado. Desde o início do ano, os organizadores aguardam a liberação dos eventos sociais e corporativos para realizar a entrega da comenda.

O publicitário Venilton Santos, coordenador do Prêmio e também diretor do Sindieventos, explica que tratativas vinham sendo mantidas junto ao Governo do Estado e à Prefeitura de Macapá para a realização da maior premiação da Amazônia. “Chegamos a ter um aceno positivo no final de março de que até junho os eventos corporativos e sociais estariam liberados, mas diante do aumento no número de casos, não foi possível manter sua realização”.

Segundo ele, é uma questão de respeito à vida e aos decretos estadual e municipal que proíbem a realização de eventos. “Decidimos não marcar uma nova data, por enquanto. Mas assim que o Estado e a prefeitura de Macapá nos autorizarem, imediatamente marcaremos a nova data e enviaremos novos convites aos homenageados e patrocinadores”.

O Prêmio Tucuju de Ouro faz parte do Calendário de Eventos de Macapá desde 2011 e do Calendário de Eventos do Estado do Amapá desde 2016 e é a mais longeva comenda nesse segmento.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: