Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é o novo embaixador da Fundação Amazônia Sustentável

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é o novo embaixador da Fundação Amazônia Sustentável (FAS). FHC é o primeiro integrante de um Comitê de Embaixadores que foi criado para apoiar a FAS na busca por novas parcerias pela conservação da Amazônia. O aceite de FHC ocorreu durante uma reunião presencial entre o ex-presidente e o Superintendente-Geral da FAS, Virgilio Viana, em São Paulo, na última semana. 

“O ex-presidente FHC é um brasileiro que tem uma visão de estadista sobre as grandes questões nacionais. É um personagem de grande e positiva reputação internacional, uma pessoa extremamente qualificada em colocar a dimensão estratégica da Amazônia para o Brasil diante do mundo. Portanto, tê-lo como Embaixador da FAS é algo extremamente importante para a nossa visão de longo prazo como uma instituição preocupada com a transformação da consciência sobre a importância da Amazônia para o Brasil e para o mundo em uma plataforma de fazimentos concretos”.  

Em resposta à honraria, FHC destacou a importância da Amazônia para o Brasil e também o papel que organizações como a FAS exercem em toda a região amazônica. “É importante ter consciência ecológica e dar atenção à conservação, e àqueles que ocupam a floresta. São as organizações da sociedade civil que as protegem”, completou o ex-presidente.

Durante o encontro, Virgilio falou sobre o importante trabalho que a FAS realiza em conjunto com as comunidades ribeirinhas e populações indígenas, de forma que a trajetória de desenvolvimento seja mais saudável, tanto para a comunidade quanto para a conservação do meio ambiente. Segundo o superintendente da FAS, o título do comitê de embaixadores pode ajudar a conquistar parceiros internacionais para a conservação da Amazônia e dos moradores da região, fortalecendo o trabalho que a organização realiza há mais de 13 anos com populações tradicionais e ribeirinhas.

De Manoel, o presente

Para um brasileiro ilustre, um presente feito por um amazonense premiado: o artesão ribeirinho, Manoel Garrido, foi escalado para confeccionar um remo. Garrido foi vencedor do Prêmio Casa Vogue e Design 2021, com um projeto apoiado pela FAS. Além do remo, FHC também recebeu uma caneta de marchetaria feita com lascas de madeiras de projetos sustentáveis da Amazônia.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: