PIS/PASEP 2020: Confira as mudanças e critérios para receber o benefício em 2022

Muitos trabalhadores se encontram com dúvidas sobre as possíveis condições de liberação, como quais serão os critérios para concessão, forma de pagamento, entre outros.

Ester Farias

O abono salarial PIS/Pasep 2020 deveria ser liberado a partir do mês de julho. No entanto, por decisão Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), o seu pagamento foi adiado para 2022.

Diante disso, muitos trabalhadores se encontram com dúvidas sobre as possíveis condições de liberação, como quais serão os critérios para concessão, forma de pagamento, entre outros. Continue acompanhando.

Adiamento do PIS/Pasep
Devido a dificuldade encontrada pelo Governo Federal em fechar a folha orçamentária deste ano, o Codefat, em concordância com a Defensoria Pública da União (DPU), decidiu adiar o pagamento do abono salarial previsto para este ano.

Acontece que os recursos para custear a medida tinham que ser destinados a nova rodada do Programa Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, mais conhecido como BEm, que resultou em um investimento total de R$ 7,6 bilhões em 2021.

Com o adiamento, o que muda para o ano que vem?
De acordo com o Conselho, o PIS/Pasep que era pago a partir do segundo semestre de um ano e finalizava no primeiro semestre do ano seguinte, será distribuído em um único ano. Ou seja, os pagamentos serão iniciados no primeiro semestre do ano e finalizado no segundo semestre do mesmo ano.

Sendo assim, a partir do ano que vem, os repasses serão realizados dentro de um mesmo orçamento, do início ao final do ano vigente.

Início do próximo pagamento
O calendário para os próximos pagamentos ainda não foi divulgado, no entanto, espera-se que a liberação ocorra em janeiro de 2022, para que os repasses sejam efetuados a partir de fevereiro do mesmo ano.

O PIS/Pasep é distribuído conforme as informações repassadas pelos empregadores através de registro de seus funcionários. O prazo de análise para conferir quem poderá receber o benefício é de até quatro meses.

Veja mais no Notícias Concursos

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: