PRF apreende 1,3 mil caixas de garrafas de cachaça sem nota fiscal na BR-210, no Amapá

Sem documento, não há recolhimento do devido imposto. Carga, avaliada em R$ 127 mil, foi encaminhada à Sefaz. Flagrante ocorreu no posto do km 9.

Num caminhão que transitava pela BR-210, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 1,3 mil caixas de garrafas de cachaça que não tinham nota fiscal. O condutor foi parado no posto do quilômetro 9, na saída da área urbana da rodovia, em Macapá.

Segundo a PRF, o veículo foi abordado e o condutor informou inicialmente que estava levando uma carga de metal. No entanto, depois que o policial afirmou que o carregamento seria verificado, o homem declarou que transportava a bebida alcoólica. Ele não apresentou nota fiscal do material.

Sem documentação do carregamento, não há recolhimento do devido imposto. Em função da prática de crime contra a ordem tributária, o condutor, o veículo e a carga foram apresentados à Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

Ainda de acordo com a PRF, a carga foi avaliada em aproximadamente R$ 127 mil em mercadorias.

Do G1 AP

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: