Dubai anuncia visto de cinco anos com múltiplas entradas no país

Medida foi pensada para funcionários de multinacionais

Autoridades em Dubai começaram a emitir vistos com validade de cinco anos e com possibilidade de múltiplas entradas. O anúncio foi feito pelo príncipe herdeiro da cidade, Sheikh Hamdan bin Mohammed bin Rashid al Maktoum.

Por meio de sua conta no Twitter, ele disse que o documento foi pensado para funcionários de multinacionais que operam no país. O objetivo, segundo o príncipe, é facilitar o acesso à Dubai e permitir que representantes dessas empresas possam participar de eventos, conferências e exposições.

“Oferecer um ambiente de apoio auxilia as empresas a aumentar sua eficiência, flexibilidade e velocidade de tomada de decisão, o que permite que Dubai reforce seu status de melhor cidade do mundo para se viver e trabalhar”, tuitou.

Expo 2020
Dubai sedia, até 31 de março, a Expo 2020. Adiada por um ano por conta do novo coronavírus, a exposição é tida como o maior evento internacional aberto ao público desde o início da pandemia.

Empresários brasileiros
No início da semana, uma delegação de cerca de 300 empresários brasileiros participou de uma série de agendas em Dubai organizadas pela Agência Brasileira de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Para o presidente da entidade, Augusto Pestana, a estratégia deve ser a de internacionalizar os produtos e investir na região. “Um grande país como o Brasil precisa estar presente no mundo inteiro, e Dubai é central. É um hub para o Oriente Médio, para o mundo árabe, para o sul da Ásia, para a Índia e para a África. Da mesma forma, o Brasil é, cada vez mais, um hub extremamente relevante. Então, é uma relação win-win [ganha-ganha].”

Bolsonaro e comitiva
O presidente Jair Bolsonaro também esteve em Dubai esta semana, acompanhado de uma comitiva que incluiu pelo menos oito ministros: Paulo Guedes (Economia), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Tereza Cristina (Agricultura), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Carlos França (Relações Exteriores), Braga Netto (Defesa) e Gilson Machado (Turismo).

“Nós somos muito próximos. O Brasil possui mais de 5 milhões de árabes. Se formos contar os descendentes, chegamos à casa dos 30 milhões”, disse Bolsonaro. Mais do que bons parceiros, somos irmãos”, completou.

*A repórter viajou a convite da Apex-Brasil

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: