Pré-lançamento do primeiro álbum do cantor Antônio Bahia é realizado nesta terça-feira

O cantor Antônio Bahia fará uma audição especial para apresentar o pré-lançamento do seu primeiro álbum, intitulado Brasil Profundo, na próxima terça-feira, dia 7 de dezembro, véspera de feriado, a partir das 20h, no Espaço Cultural Curupira Mãe do Mato, no Centro. O evento terá ainda os shows de Igor Loureiro e da Banda Casa de Caba, com ingressos ao valor de R$ 15. 

A festa seguirá todos os protocolos de prevenção contra Covid-19 e será exigido o uso de máscara, e a apresentação do cartão de vacinação com as duas ou dose única.

Porém, o lançamento oficial do álbum acontece no dia seguinte, na quarta-feira, dia 08/12, por meio do canal do Antônio Bahia na plataforma Youtube. 

Ele foi contemplado com o edital “Conexões Culturais” da Manauscult em 2019 e, desde então, vem fazendo uma intensa e elaborada pesquisa para a escolha de cada música, executando de uma maneira retrate as “entranhas” de um Brasil Profundo. “O Brasil de onde vem o intérprete e toda a sua vivência humana e cultural”, disse o cantor.

No álbum, o tambor prevalece como elemento fundamental da formação folclórica do país. A intenção de Antônio Bahia é retratar uma mistura do Brasil indígena, negro e branco, passeando por ritmos variados como carimbó, marabaixo e ijexá. Também tem samba reggae em homenagem ao criador do gênero, Neguinho do Samba, com quem Bahia morou por um tempo quando se mudou para Salvador. O disco possui participações especiais de Márcia Siqueira, Cícero Antônio, Patrícia Bastos e Magaiver Santos.

Sobre o artista

Antônio Bahia, natural de Rurópolis, interior do Estado do Pará, é o caçula dos nove filhos de Nena, dona de casa, e o senhor Antônio, ex-soldado da borracha. Fã do baiano Dorival Caymmi, o cantor resolveu registrar a paixão pelo artista e seu Estado natal no nome. A ideia surgiu durante uma conversa com seu amigo, Ricardo Dias, ainda em 2010. A possibilidade de que esse nome pudesse atribuir sorte, encheu de axé o agora, Antônio Bahia. 

Foi nas terras apimentadas da Bahia, que Antônio encontrou a sua identidade enquanto artista. Mudou-se para Manaus em 1997, aos 18 anos, e desde então segue carreira no meio artístico, sendo como cantor, assistente de produção, produtor, ator ou figurante.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: