Coleção “Encantos Amazônicos” é lançada nesta sexta-feira no Casarão Cassina

A Coleção é resultado do Projeto “Manaus Feita à Mão”, que ofertou formação profissional e mercadológica a mais de 40 artesãos manauaras

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), em parceria com a Associação Zagaia Amazônia realizou nesta sexta-feira, 17/12, no Casarão da Inovação Cassina, na rua Bernardo Ramos, Centro de Manaus, o lançamento da “Coleção Encantos Amazônicos”, em decorrência da segunda etapa do Projeto “Manaus Feita à Mão”, direcionado ao aprimoramento dos produtos artesanais de 43 artesãos e artesãs manauaras que participaram do projeto no decorrer deste ano.
A Coleção, que teve como inspiração os encantos da Amazônia, proporcionados por sua fauna e flora, possui riqueza e diversidade. Seus artesãos utilizam matérias primas da própria natureza para compor suas peças. Elementos como fibras, cerâmicas, couro, borracha, cuias, madeiras e tecidos se transformam em verdadeiras obras de arte em suas mãos.

No evento também foi lançado um catálogo digital que reúne as produções artesanais aprimoradas a partir da consultoria que os artesãos receberam da iniciativa. A Associação Zagaia Amazônia ofereceu consultoria ao projeto visando potencializar a criação artesanal, aplicando um método de desenvolvimento de produtos que expressa a originalidade e a valorização da identidade cultural amazônica.

O projeto, que teve início em junho deste ano, forneceu ao longo desses seis meses capacitação contínua, on-line e presencial, aos artesãos preparando-os para o mercado do artesanato nacional e internacional, agregando desenvolvimento de novos produtos originais e valorizando a identidade cultural de seus criadores.

A Associação Zagaia Amazônia, em parceria com a Semtepi, montou um conjunto de metodologias para formar, aperfeiçoar e levar excelência ao mercado artesanal em um universo de 43 artesãos, selecionados pelo Departamento de Economia Solidária e Criativa da Secretaria – dentre os participantes, 21 artesãs fazem parte da Associação das Mulheres Indígenas do Alto Rio Negro (AMARN), 5 artesãs fazem parte do Ateliê Derequine do Parque das Tribos, organizado por Vanda Ortega, e 17 artesãos são urbanos de Manaus.

A capacitação e consultoria realizada pela Zagaia aconteceram em parceria com a designer de produto Carol Oliveira, colaboradora de projetos do Studio Sérgio J Matos. Esta parceria buscou estimular nos artesãos, inclusive com a aquisição de matéria-prima, o desenvolvimento de novos produtos artesanais com a influência no design, na valorização das peças produzidas buscando ampliar o público consumidor para o cenário nacional e com isso gerar mais perspectivas de faturamento para os artesãos.

Na abertura do evento o secretário da Semtepi, Radyr Júnior, falou sobre o trabalho que a Secretaria tem realizado para movimentar a economia para continuar provendo o sustento dos artesãos em um ano com tantas dificuldades devido à crise sanitária.

“Nós procuramos entregar os nossos serviços. Nós trabalharemos para que vocês [artesãos] falem além desse ambiente, para que possam falar para o país que existe uma peculiaridade amazônica que tem muito valor, principalmente valor histórico. A nossa obrigação é criar oportunidades para que vocês possam expor e que gerem seus sustentos. ”, destacou.

Para a presidente da Zagaia Amazônia e coordenadora geral do projeto, Rozana Trilha, falou sobre o lançamento e a importância do trabalho para a Associação.

“Esse trabalho representa muito para a Associação Zagaia que acredita que os negócios precisam ter impacto social e que colaborando com esses artesãos, com suas capacitações e o desenvolvimento de seus produtos, estamos preparando-os para o mercado nacional e internacional”, salientou a presidente.

Zagaia Amazônia

Uma entidade sem fins lucrativos que, há mais de 15 anos, atua na região amazônica no desenvolvimento de projetos na área de Economia Criativa, tendo o design como ferramenta de transformação, a partir dos ideais dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) criados pela Organização das Nações Unidas (ONU) e em consonância com os objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.
Os projetos e ações têm como foco a erradicação da pobreza, a luta pela igualdade de gênero, a promoção do crescimento econômico, do direito ao trabalho decente e a redução da desigualdade no Estado do Amazonas.
Acredita-se que o empreendedorismo inovador pode transformar para melhor a vida das pessoas hoje e das futuras gerações, por meio de uma cultura empreendedora, econômica e socialmente responsável.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: