Abaixa a glicose e melhora a imunidade: aprenda 7 benefícios da lichia

Fruta doce é cultivada no Brasil e é cheia de benefícios para a saúde. Porém, deve ser consumida com moderação para não fazer mal

A lichia, conhecida cientificamente como Litchi chinensis, é uma fruta exótica de sabor doce e com formato de coração que tem origem na China, mas também é cultivada no Brasil. Ela é rica em compostos fenólicos, como as antocianinas e flavonoides, e em minerais como potássio, magnésio e fósforo e vitamina C, substâncias com propriedades antioxidantes que auxiliam no combate à obesidade e diabetes, além de proteger contra doenças cardiovasculares.

Apesar de ter muitos benefícios para a saúde, a lichia também pode causar efeitos colaterais, principalmente quando consumida em excesso — a hipoglicemia, quando ocorre uma diminuição dos níveis de açúcar no sangue, é um deles. Além disso, o chá feito com a casca da lichia pode causar diarreia ou dor abdominal.

A lichia pode ser comprada em supermercados ou mercearias e consumida na sua forma natural ou enlatada, ou em chás e sucos.

Os principais benefícios da lichia para a saúde são:

  1. Protege contra doenças cardiovasculares

    Por ser rica em flavonoides, proantocianidinas e antocianinas, que têm um potente efeito antioxidante, a lichia ajuda a controlar o colesterol ruim que é responsável por formar placas de gordura nas artérias. Por isso, ajuda a prevenir a aterosclerose e a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, como infarto do miocárdio ou derrame cerebral.

Além disso, a lichia ajuda a regular o metabolismo de lipídios e a aumentar os níveis do colesterol bom, contribuindo para a saúde cardiovascular.

O magnésio e o potássio da lichia também ajudam a relaxar os vasos sanguíneos, e os compostos fenólicos podem inibir a atividade da enzima conversora de angiotensina, ajudando a controlar a pressão sanguínea.

  1. Previne doenças do fígado

    A lichia ajuda a prevenir doenças do fígado como gordura no órgão e hepatite, por conter na sua composição compostos fenólicos como a epicatequina e a procianidina, que têm ação antioxidante, reduzindo os danos nas células do fígado causados por radicais livres.

    3.Combate a obesidade

    A lichia tem cianidina na sua composição, que é o pigmento responsável pela cor avermelhada da casca, com ação antioxidante, o que ajuda a aumentar a queima de gorduras. Esta fruta não contém gorduras e é rica em fibras e água, auxiliando na perda de peso e no combate à obesidade.


Apesar de ter carboidratos, a lichia tem poucas calorias e baixo índice glicêmico: cada unidade de lichia tem aproximadamente 6 calorias, podendo ser consumida em dietas de emagrecimento.

Além disso, alguns estudos mostram que a lichia inibe enzimas pancreáticas responsáveis pela digestão de gorduras da alimentação, o que reduz sua absorção e o acúmulo de gordura no corpo, podendo ser um importante aliado no combate à obesidade.

Veja mais no Metrópoles

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: