‘Olhar para essa estrutura é pensar no Manoel’, diz morador durante inauguração da UBS no Bailique

A unidade de saúde leva o nome do atendente hospitalar Manoel Queiroz Barbosa, figura relevante nos cuidados com a comunidade.

A comunidade do arquipélago do Bailique, distante cerca de 180 quilômetros da capital, ganhou na terça-feira (28) uma Unidade Básica de Saúde, a UBS Manoelzinho. A região possui cerca de 60 comunidades, o equipamento entregue representa o progresso e a esperança por dias melhores.

A unidade leva o nome do atendente hospitalar Manoel Queiroz Barbosa, conhecido carinhosamente por Manoelzinho, que teve sua vida interrompida aos 53 anos de idade. A morte do morador ainda gera revolta na região e a homenagem é uma forma de reconhecimento pelos serviços prestados a toda a comunidade.

A família da dona Maria Graça de Sousa foi a primeira a chegar na cerimônia de inauguração da UBS. Emocionados, os moradores contaram um pouco da vivência e a importância do atendente hospitalar dentro da comunidade.

“O Manoelzinho era tido por nós como um membro da família, pois ajudava muito a gente. Fazia exames e auxiliava na retirada dos documentos. Minha família era atendida por ele. Então, ver esta UBS pronta é emocionante!”, disse Maria de Sousa.

Para seu Manoel Nunes da Costa, de 86 anos, a lembrança de Manoelzinho cuidando dos moradores do Bailique está representada através da Unidade Básica de Saúde.

“Olhar para essa estrutura é pensar no Manoel. Por isso, é um sonho realizado. O cuidado com o povo bailiquense começa pela saúde. Graças a Deus estamos vendo o trabalho sendo feito e o serviço chegando para melhorar e dar qualidade de vida para a comunidade”, falou agradecido.

UBS Manoelzinho

O equipamento de porte II é apto para comportar as equipes da atenção básica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que irão executar o trabalho no local. O prefeito de Macapá, Dr. Furlan, esteve na inauguração e conversou com os profissionais que irão atuar na UBS.  O cuidado e zelo fazem parte das orientações repassadas pelo gestor.

A técnica em enfermagem e moradora do Bailique, Gleiciane Ximendes, fala sobre o anseio da população e também dos profissionais que ganharam um espaço digno de trabalho. “Agora temos um local adequado para atender a população. Nós somos o alicerce em relação à saúde. Ter uma gestão que entende a importância de dar suporte para o trabalho acontecer é fundamental. O que a comunidade tinha antes era uma casa, agora temos de fato uma UBS”, destacou.

Obra

A obra foi executada pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob), custeada com recursos oriundos do Ministério da Saúde enviados pelo senador Davi Alcolumbre (DEM/AP) no valor de R$ 1,2 milhão e contrapartida municipal de R$ 386 mil.

O equipamento possui ainda uma praça na entrada da UBS e iluminação de Led. “Esta unidade é fruto do trabalho em equipe. A logística para chegar até aqui é difícil. Com muito trabalho, conseguimos entregar o aparelho para comunidade. Temos uma praça e iluminação adequada para o local”, finalizou o secretário municipal de Obras, Cássio Cruz.

Ana Cleide Torres

Secretaria Municipal de Saúde

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: