Fatos marcantes do dia 4 de janeiro; confira

Hoje é lembrada a partida de Henfil, cartunista vítima da AIDS

  • Dia da Abreugrafia [Abreugrafia era um método brasileiro rápido e barato de tirar pequenas chapas radiográficas dos pulmões, para facilitar o diagnóstico da tuberculose, doença mortal. O teste, que registra a imagem do tórax numa tela de raios X, espalhou-se pelo mundo. O inventor do exame, Manuel Dias de Abreu, foi indicado ao Nobel em 1950 e teve o invento batizado em sua homenagem no Brasil].
  • Dia Nacional do Hemofílico [A hemofilia é uma doença genético-hereditária que causa deficiência quantitativa e qualitativa nos fatores de coagulação do sangue. É uma doença que se manifesta quase que exclusivamente em homens. Devido ao falecimento do cartunista Henfil em 1988 a data foi instituída como Dia Nacional do Hemofílico. Já o Dia Internacional da Hemofilia se comemora em 17 de abril].
  • Nasce, no Rio de Janeiro, o poeta Casimiro de Abreu (1839), autor da obra “As Primaveras” e patrono da cadeira nº 6 da ABL. Foi um poeta brasileiro da segunda geração do romantismo. Falecimento:18 de outubro de 1860, Nova Friburgo, Rio de Janeiro, aos 21 anos.
  • Nasce, na Alemanha, o escritor Jacob Grimm (1785). Jacob Ludwig Carl Grimm, nascido em 4 de janeiro de 1785, era 13 meses mais velho que seu irmão Wilhelm Carl Grimm, que nasceu em 24 de fevereiro de 1786. Conhecidos como os irmãos Grimm, nasceram na cidade de Hanau, no Grão-ducado de Hesse, atual estado de Hesse, Alemanha. Os dois irmãos, ambos acadêmicos, linguistas, poetas e escritores que se dedicaram ao registro de várias fábulas e contos infantis, ganhando assim grande notoriedade, essa que, gradativamente, tomou proporções globais.
  • Fundação do Jornal da Tarde [ou apenas JT, foi um jornal diário da cidade de São Paulo, Brasil. O JT foi concebido e idealizado por Mino Carta, com o auxílio de Murilo Felisberto. Sua primeira edição circulou em 4 de janeiro de 1966. A última, mais de 46 anos depois, em 31 de outubro de 2012.
  • Dia Mundial do Braille [Em 2018, a Organização das Nações Unidas (ONU) escolheu a data em homenagem ao aniversário do francês Louis Braille, criador do sistema de escrita e leitura tátil para pessoas com deficiência visual. Louis Braille nasceu em 1809 e foi professor e músico francês, inventor do alfabeto para deficientes visuais. Faleceu em 6 de janeiro de 1852, Paris, França, de tuberculose].
  • O pintor brasileiro Cândido Portinari (1903–1962) entrega os painéis de “Guerra e Paz” para a sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York (1956).
  • Nasce Isaac Newton, o físico e matemático que propôs a Lei da Gravidade – ou lei da gravitação universal. Isaac Newton nasceu em Woolsthorpe-by-Colsterworth, uma pequena vila na Inglaterra, no dia 4 de janeiro de 1643. No calendário Juliano, adotado na Inglaterra na época, a data do seu nascimento é 25 de dezembro de 1642. Em 1687, sua reputação como cientista estava consolidada, porém, seria a publicação de seu livro “Philosophiae Naturalis Principia Mathematica” que o transformaria no cientista mais importante da época. O livro, onde expõe sua famosa “Lei da Gravitação Universal”, é considerado ainda hoje o mais importante da história da Ciência e o ápice da revolução científica iniciada por Copérnico, 200 anos antes. Neste documento, também publicou suas conhecidas leis da dinâmica, ou “Leis de Newton”: a Lei da Inércia, A Lei da Dinâmica e a Lei do Princípio da Ação e Reação. Ele morreu no dia 31 de março de 1727, em Londres (pelo calendário juliano, 27 de março).
  • Morre o cartunista, jornalista e escritor Henfil, vítima de Aids, em 4 de janeiro de 1988. Henfil morreu no Rio de Janeiro, vítima de Aids, doença contraída em uma transfusão de sangue. Hemofílico, ele tinha a saúde precária, assim como seus dois irmãos, Herbert de Sousa, o Betinho, e Francisco Mário, que também morreram de Aids. Henfil ainda tinha outras cinco irmãs. Ele nasceu no dia 5 de fevereiro de 1944, em Ribeirão das Neves (MG), com o nome Henrique Souza Filho.
  • Morre o escritor francês Albert Camus (1960), aos 46 anos, Prêmio Nobel da Literatura em 1957, em Villeblevin, França, junto com seu editor Michel Gallimard. Algumas obras: “O estrangeiro”, “A peste” e “A queda”, “O mito de Sísifo”. Camus nasceu em 7 de novembro de 1913, em Dréan, Argélia. Foi o autor das obras: “O estrangeiro”, “A peste” e “A queda”, “O mito de Sísifo”, dentre outras.
  • Morre, em Londres (Inglaterra), o poeta T. S. Eliot (1965), fanhador do Prêmio Nobel de Literatura em 1948. O poeta modernista, dramaturgo e crítico literário Thomas Stearns Eliot nasceu na cidade de St. Louis, no Missouri, EUA, no dia 26 de setembro de 1888. Ele se transferiu para a Inglaterra em 1914, já aos 25 anos, assumindo a cidadania britânica em 1927, aos 39 anos. Esta mudança foi fundamental na obra do poeta, influenciado decisivamente na sua produção artística por ter nascido nos Estados Unidos e se fixado posteriormente no Reino Unido.
  • Dia de Santa Ângela.

Colaborou Paulo de Tarso Barros

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: