Hoje é Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola

DIA 7 DE ABRIL DE 2022:

  • Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola [Criado no dia 7 de abril de 2016, o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola foi instituído como uma iniciativa para chamar a atenção para os problemas causados pelo bullying e estimular a reflexão sobre o tema. Sancionada no exato dia do massacre em Realengo, ocorrido cinco anos antes (2011), a Lei nº 13.277/2016 estabelece e reforça o apelo por mais empenho em medidas de conscientização e prevenção ao bullying. O bullying, também chamado de intimidação sistemática, é “todo ato de violência física ou psicológica, intencional e repetitivo que ocorre sem motivação evidente, praticado por indivíduo ou grupo, contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidá-la ou agredi-la, causando dor e angústia à vítima, em uma relação de desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas”, conforme definido pela Lei nº 13.185/2015, que instituiu o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying)].

  • Dia Mundial da Saúde (Constituição da OMS da ONU) [Organização Mundial de Saúde é uma agência especializada em saúde, fundada em 7 de abril de 1948 e subordinada à Organização das Nações Unidas. Sua sede é em Genebra, na Suíça. O diretor-geral é, desde julho de 2017, o etíope Tedros Adhanom].

  • Fundação da Associação Brasileira de Imprensa – ABI, em 07/04/1908.

  • Dia do Jornalista (Instituído pela ABI, em 1908) O Dia do Jornalista foi criado pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI) como uma homenagem a Giovanni Battista Libero Badaró, importante personalidade na luta pelo fim da monarquia portuguesa e Independência do Brasil. Giovanni Badaró foi médico e jornalista, e foi assassinado no dia 22 de novembro de 1830, em São Paulo. O movimento popular que se gerou por causa do seu assassinato levou D. Pedro I a abdicar do trono em 1831, no dia 7 de abril, deixando o lugar para seu filho D. Pedro II, com apenas 14 anos de idade. Foi só em 1931, cem anos depois do acontecimento, que surgiu a homenagem e o dia 7 de abril passou a ser Dia do Jornalista, pois nesse dia que a Associação Brasileira de Imprensa foi fundada, em 1908, com o objetivo de assegurar aos jornalistas todos os seus direitos].

  • Dia Internacional para Reflexão do Genocídio de 1994 contra os Tutsi em Ruanda [Em 7 de abril de 1994, começava o massacre em que quase 1 milhão de pessoas foram assassinadas em menos de três meses em Ruanda – um país do continente africano um pouco maior que o estado de Alagoas, com mais de 12 milhões de habitantes. Foi colônia alemã e belga na primeira metade do século XX, tendo sua independência declarada apenas em 1962. As Nações Unidas criaram esta data graças à Resolução 58/234, em dezembro de 2003, para homenagear os que morreram e refletir sobre o sofrimento e a resiliência dos sobreviventes. O massacre foi desencadeado pelo grupo étnico que compunha a elite política do país, os hutus, que massacraram os tutsis].

  • Aniversário da Lei de Combate à Tortura – Lei nº 9.455/1997, foi publicada em 7 de abril de 1997 [No entanto, a prática diária mostra exemplos de tortura e maus tratos como uma realidade no país inteiro; e nós somente vamos superar esse triste episódio da história brasileira quando levarmos a sério essa questão].

  • Dia do Corretor [O Dia do Corretor é celebrado no Brasil em 7 de abril. Esta data homenageia o profissional que se dedica em ajudar as pessoas durante os processos de aquisições e negociações de determinados bens e serviços. Existem diversos tipos diferentes de corretores – corretor de imóveis, corretor de seguros, corretor de valores, corretores de frete, corretores de mercadorias, entre outros].

  • Dia do Médico Legista [São os profissionais responsáveis por fazer o exame de corpo de delito em vítimas vivas ou mortas permitindo a análise de fatos ocorridos durante crimes. A data foi escolhida para homenagear estes médicos porque em 1886 o conselheiro João Alfredo Corrêa de Oliveira, então presidente da Província de São Paulo, assinou a lei número 18 que oficializou a perícia médico-legal no Brasil. Segundo estudo publicado em março de 2018 pelo CFM, a medicina legal e perícia médica é uma das especialidades com menos profissionais. Apenas 0,2% dos médicos que tenham feito algum curso de especialização, são especialistas nesta área, com a segunda maior média de idade, 59 anos].

  • D. Pedro I abdica o trono do Brasil [A abdicação do Imperador Dom Pedro I do Brasil, ocorreu em 7 de abril de 1831, em favor de seu filho D. Pedro de Alcântara, futuro D. Pedro II. O ato marcou o fim do Primeiro Reinado e o início do período regencial no Brasil. Esse ato deveu-se a uma série de complicações políticas nascidas dos interesses de brasileiros e portugueses à época].
  • Nasce, em Vicuñha, Chile, a poetisa, educadora, diplomata, feminista e vencedora do Nobel de Literatura de 1945 Gabriela Mistral (Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga), em 07/04/1889. Ela ficou conhecida ao vencer um concurso de poesias em 1914, com Sonetos de la muerte. Nesse momento, ela já utilizava seu pseudônimo, que foi escolhido como uma homenagem a seus poetas favoritos: retirou seu nome do italiano Gabriele d’Anuzzio e seu sobrenome de Fréderic Mistral. Também ganhou o Prêmio Nacional de Literatura do Chile (1951). A poetisa morreu em 10/01/1957 em Nova Iork, Estados Unidos.

  • Dia de São João Batista de La Salle [Foi um sacerdote, pedagogo e pedagogista francês inovador, que consagrou sua vida a formar professores destinados à formação de crianças pobres. Foi fundador de uma congregação religiosa, os Irmãos das Escolas Cristãs, ou Irmãos Lassalistas, dedicada à educação, especialmente dos mais pobres. Nasceu a 30 de abril de 1651, Reims, França e morreu a 7 de abril de 1719, Rouen, França].
    ……………………………………
    (Pesquisa, seleção, edição e condensação dos textos:Paulo Tarso Barros.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: