AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Batalhão de combate ao mosquito Aedes aegypti volta ao bairro Infraero I

Dando continuidade às ações executadas pela Prefeitura de Macapá no combate ao mosquito Aedes aegypti, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realiza com os agentes de endemias, militares da Defesa Civil e Exército Brasileiro a eliminação de focos do mosquito no bairro Infraero I.

No quintal de Erick Santos nenhum criadouro foi encontrado, mas ele reclama que o cuidado que tem infelizmente não é seguido pelos vizinhos. “Nesse momento, todos os moradores precisam fazer sua parte. De nada adianta eu limpar meu quintal se meu vizinho transforma o dele em ‘chiqueiro’. Isso prejudica todo mundo”, enfatizou.

A mesma sorte a dona de casa Edileusa Cardoso não teve. Em seu quintal foram encontradas várias larvas do mosquito em tonéis que armazenavam água da chuva. A mãe de Edileusa já teve dengue, e agora a irmã também contraiu a doença. “A gente sabe que tem que ter cuidado, mas é tanta coisa pra fazer dentro de casa que o quintal acaba ficando esquecido; agora vamos limpar. Minha irmã está fraca e debilitada, com dengue, e a gente não quer que as crianças também adoeçam”, prometeu.

O diretor da Vigilância Ambiental reforçou que é importante que a população não deixe água acumulada nos quintais evitando a proliferação do mosquito. “Mais uma vez nos deparamos com uma grande quantidade de focos do mosquito nos quintais. Se a população não nos ajudar a eliminar os focos, os casos de dengue e febre chikungunya podem aumentar. É muito importante nesse momento que o morador tire um pouco do seu tempo para fazer a limpeza de seu quintal”, disse Josean.

Os levantamentos realizados em 2014 apontaram em Macapá uma redução de 74,31% em relação aos casos confirmados em 2013. De acordo com o coordenador municipal de Combate à Dengue, Ailson Quaresma, para manter os índices favoráveis, além dos trabalhos realizados pela PMM a população precisa assumir sua responsabilidade. “Temos tido uma resposta positiva quanto à redução de casos confirmados. Para continuarmos nesse caminho, precisamos da ajuda de todos”, comentou.

O batalhão de combate ao mosquito Aedes ficará no bairro até a próxima quarta-feira, 28, promovendo educação em saúde e a eliminação de criadouros. Posteriormente, as ações serão realizadas no Brasil Novo, Infraero II e demais bairros da zona norte.

Jamile Moreira/Asscom Semsa

Fotos: Asscom PMM

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: