img#wpstats{display:none}

Definidas as campeãs, GEA planeja maior autonomia financeira das escolas de samba para 2016

Disputa no grupo de acesso foi acirrada, com apenas quatro décimos entre as duas primeiras colocadas. Já no grupo especial, Piratas da Batucada liderou durante toda a apuração e venceu por mais de um ponto de diferença

As torcidas das escolas de samba fizeram bonito e compareceram em peso ao sambódromo para acompanhar a apuração do resultado do carnaval amapaense 2015. Com muita festa, os foliões deram um show de civilidade e participaram da apuração em clima de paz e respeito, contribuindo para engrandecer ainda mais o evento.

Os piratas conseguiram o título com o enredo "Quem Conta um Conto Aumenta um Ponto", que mostrou um passeio no mundo mágico de brincadeiras e contos infantis, onde, na história apresentada, não há vilões.Na apuração do grupo de acesso, os dirigentes das escolas de samba Solidariedade, Emissários da Cegonha e Império do Povo comemoravam cada décimo conquistado por suas escolas. A disputa foi apertada, mas o título ficou com a Solidariedade (175,70), que ficou apenas quatro décimos acima da segunda colocada, Emissários da Cegonha (175,30). A conquista foi celebrada com ardor pelos foliões e pelo presidente, Jair Sampaio.

"Eu sou o terceiro presidente a entregar um título para a nossa escola e isso me deixa muito feliz. É a recompensa de um trabalho sério e competente que nós estamos fazendo desde o ano passado", explicou Jair.

Solidariedade apostou na trajetória do desembargador Gilberto Pinheiro para voltar ao Grupo Especial
Se no grupo de acesso cada décimo foi decisivo, no grupo especial a Piratas da Batucada liderou com folga desde o início. Com uma coleção de notas 10, a Piratão sagrou-se campeã do carnaval 2015 com 1,2 pontos a mais do que a Boêmios do Laguinho.

O secretário de Estado da cultura, Disney Furtado, acompanhou todo o processo de apuração das vencedoras no sambódromo e elogiou a bela festa que foi o carnaval este ano. Ele ainda falou que a ideia é tornar as escolas de samba cada vez mais independentes de recursos do Estado.

"Esse foi um carnaval sem violência, um carnaval onde as escolas de samba e os blocos cumpriram o seu papel e deram resposta ao dinheiro investido pelo governo do Estado. Isso nos deixa muito feliz. A partir de agora a gente vai começar já o planejamento para o próximo carnaval, para que a gente possa fomentar mais a cultura e desenvolver o carnaval para que as escolas não dependam muito do repasse do governo quando chegar a época", salientou Disney.

De acordo com o diretor da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesap), Luiz Mota, o planejamento prévio do governo é exatamente o que o carnaval amapaense precisa para se desenvolver. Mota agradeceu o empenho do governador Waldez Góes em fomentar o carnaval e se disse confiante de que as próximas edições serão ainda melhores.

"Graças a Deus, por decisão do governador, nós tivemos a assinatura do convênio. Nós da Liesap concordamos com o planejamento prévio e, inclusive, pedíamos isso ao governador, que logo após esse carnaval ele sentasse conosco para pensar já no carnaval de 2016. Essa determinação do governador em fomentar o carnaval só vai fazer com que nós tenhamos um espetáculo cada vez mais bonito no estado do Amapá", afirmou.

Confira o resultado da apuração:

Grupo de Acesso:

1º – Solidariedade (175,70)

2º – Emissários da Cegonha (175,30)

3º – Império do Povo (156,20)

Grupo Especial:

1º – Piratas da Batucada (179,80)

2º – Boêmios do Laguinho (178,30)

3º – Maracatu da Favela (178,10)

4º – Piratas Estilizados (177,90)

5º – Unidos do Buritizal (177,80)

6º – Embaixada do Samba Cidade de Macapá (176,50)

7º – Império da Zona Norte (176,20)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: