AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Nível do Rio Amapari pode aumentar muito hoje e atingir mais famílias em Pedra Branca

Para este sábado, 28, segundo a previsão do Núcleo de Hidrometeorologia do Instituto Estadual de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (NHMET-IEPA) o dia ficará nublado e parcialmente nublado com previsão de chuvas que irão variar de intensidade de moderada a forte, em quatorze dos dezesseis municípios do Estado: Oiapoque, Calçoene, Amapá, Pracuúba, Tartarugalzinho, Ferreira Gomes, Serra do Navio, Pedra Branca, Itaubal, Macapá, Santana, Mazagão, Vitória do Jari e Laranjal do Jari.

O Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM-AP) por meio da Defesa Civil Estadual (CEDEC) está atuando na situação de emergência decretada pelo município de Pedra Branca do Amapari nesta semana, a partir do acompanhamento realizado pela Defesa Civil do município.

“Todos que residem nos municípios citados na previsão do tempo devem ficar atentos, observar possíveis situações de perigo e acionar a Defesa Civil sempre que achar necessário, principalmente Pedra Branca e Serra do Navio, onde o nível do Rio Amapari já está bastante elevado”, alertou o cabo BM Marlon, que representa a CEDEC no NHMET-IEPA.

Ainda segundo a precisão do tempo em Macapá, Santana e Mazagão, os ventos podem chegar aos 9 km/h. As temperaturas deverão oscilar entre 24ºC e 30ºC e a umidade relativa deverá variar entre 80% e 90%.

Ontem, 27, a CEDEC encaminhou informações do relatório parcial da situação em Pedra Branca do Amapari, onde segundo a prefeitura 30 famílias já foram atingidas pela enchente.

“Na primeira reunião com o prefeito e secretários, foram definidas responsabilidades e um plano de trabalho prévio. Passamos o dia visitando os locais atingidos e nos reunindo com autoridades locais, afim de estabelecer providências e prioridades. Visitamos também o abrigo, onde se encontram quatro famílias. Estamos fazendo coletas de dadas para confecção de relatório e emissão de parecer”, disse o capitão BM Pelsondré, que está coordenando os trabalhos da CEDEC em Pedra Branca.

É importante destacar que a primeira resposta em casos de enchentes ou desastres naturais deve ser da Defesa Civil de cada município atingido e a CEDEC atua posterior a isso, quando toma ciência da situação ou é acionada pelos municípios atingidos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: