AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Artistas fazem show na escadaria do Teatro das Bacabeiras nesta sexta-feira

Foto: Alex Silveira/Agência Amapá
Artistas amapaenses relembram experiências vividas na principal casa de espetáculos do Estado, o Teatro das Bacabeiras.

Música, teatro e dança. Todos os segmentos culturais estarão no mesmo palco, nesta sexta-feira, 13, para homenagear os 25 anos do Teatro das Bacabeiras. Os artistas amapaenses se reuniram para relembrar experiências vividas na principal casa de espetáculos do Estado.

Durante uma semana de homenagens, diversos segmentos culturais fizeram apresentações em diferentes pontos de Macapá: Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço, Centro Cultural Franco Amapaense e a Biblioteca Pública Estadual Elcy Lacerda.

A programação iniciou na segunda-feira, 9, dia do aniversário do teatro, e encerra hoje com um grande show dos artistas amapaenses na escadaria do Bacabeiras. “Vamos colocar estas atrações na escadaria do teatro para o público conhecer o nosso Bacabeiras e viajar nesse mundo da arte e cultura”, disse o cantor Naldo Maranhão.

A casa de espetáculos faz parte da história dos cantores mais tradicionais como Finéias Nelluty, e de novos talentos como a cantora Brenda Melo. Todos, porém, têm algo em comum: a importância do teatro nas carreiras profissionais. Cantar é o jeito que eles encontraram para mostrar gratidão ao Bacabeiras.

“São 29 anos de carreira e a maior parte vivida no teatro, além da participação como ator que foi emocionante. Em 1996, fiz o primeiro show no local e a sensação de ter aquela plateia me olhando é inexplicável. Nesses 25 anos do Bacabeiras muita coisa boa aconteceu e o teatro tem uma participação muito importante na minha carreira”, contou o cantor Finéias.

Uma das atrações, que finaliza as comemorações do aniversário do teatro, é a cantora Brenda Melo. Com quatro anos de carreira, a artista fez sua primeira apresentação no Bacabeiras em 2009. Para ela, pisar no palco do teatro foi o momento mais importante da carreira.

“O momento mais importante no teatro foi o lançamento do meu CD, desde então, ter cantado no Bacabeiras me dá muito orgulho, pois é um local sagrado, grandioso e repleto de cultura. Por isso, é muita responsabilidade e uma emoção tremenda ver o teatro lotado e dividir o palco com grandes músicos”, disse emocionada a cantora.

O teatro tem espaço para a música popular amapaense e também para o rock. Com uma levada nacional, mas identidade regional, a banda Boomerang Blue promete encantar o público na primeira apresentação no palco do Bacabeiras. “Sabemos da importância de cantar no mesmo palco de artistas renomados. Já assistimos o Amadeu Cavalcante e a expectativa é enorme, pois cantar nesse palco é a realização de todo cantor do Estado”, observou um dos integrantes da banda, Diego Silva.

Abrir as cortinas e receber no palco artistas variados. A meta para os próximos anos é ser um espaço que atenda todos os tipos de artes. Uma delas, a dança, na programação, representada pelo marabaixo e balé.

“O Marabaixo é nossa identidade cultural, por isso, precisamos valorizar. Pela primeira vez, entramos no teatro como atração principal e não apenas como coadjuvantes. É um momento muito importante e percebemos que não só cantores e peças teatrais vão se apresentar, esta é uma nova era em que todos os artistas têm espaço”, ressaltou a presidente da Federação Folclórica Cultural do Amapá, Eliza Congó.

Foto: Alex Silveira/Agência Amapá
A comemoração dos 25 anos do Teatro das Bacabeiras contou com a apresentação da Cia de Dança Anete Peixoto.“É uma honra muito grande participar das comemorações desses 25 anos. Há 10 anos apresento a minha companhia de dança no teatro. Apresentar o balé para a população aqui, do Amapá, é uma oportunidade conquistada, por meio do teatro, que engrandeceu o meu trabalho”, afirmou a bailarina Anete Peixoto.

Do regional para o clássico, o teatro também recebeu o público para prestigiar a orquestra filarmônica Equinócio das Águas, que desde 2010, encanta a plateia com música erudita. “Foi um momento único, a realização de um sonho, temos um público grande que foi conquistado no teatro”, comemora o maestro, Marcos Ribeiro.

Mesmo abrindo espaço para outros segmentos culturais, a casa de espetáculos mantém a essência no atendimento teatral. Dos grandes espetáculos aos pequenos grupos que estão iniciando, cada vez mais, o público vai ter oportunidades.

Foto: Alex Silveira/Agência Amapá
A Associação Teatral Boca de Cena reforça que o teatro é fundamental para formação crítica do ser humano.
“As peças teatrais são aliadas a educação para formação crítica do ser humano. Estamos retornando ao teatro e convidando o público para prestigiar conosco os 25 anos da casa. Precisamos romper essa barreira de que o teatro é elitizado, quando na verdade, ele é para todos independentemente de classe”, afirmou o diretor da Associação Teatral Boca de Cena, Dio Lenon.

O show será realizado a partir de 16 h, na escadaria do teatro. Toda população está convidada.

Melhorias

O Governo do Estado está avaliando uma reforma no Teatro das Bacabeiras. Dois engenheiros visitaram o teatro para avaliar a estrutura e o tipo de revitalização necessária. De acordo com o diretor da casa de shows, Geovanni Coelho, o Bacabeiras não vai ser fechado para reforma, pois os artistas não podem ficar sem espaço. “Será realizada uma reforma setorial, atendendo as demandas que recebemos dos artistas. O teatro foi esquecido nos últimos anos. Outra ação é ceder salas para que os grupos possam ensaiar os espetáculos, o que não estava ocorrendo nos últimos quatro anos”, disse o diretor.

Programação do show:

16:00 Movimento Hip Hop
17:00 União dos Capoeiristas do Amapá
17:30 Espetáculo teatral – Rimancete (Cia Sem Teto)
18:30 Associação Marabaixo do Laguinho
19:00 Recital Poético (Recheene Amin e Roberta Picanço)
19:30 Clay Sam
20:00 Amado Amâncio
20:30 Brenda Melo
21:00 Naldo Maranhão
21:30 Boomerang Blue
22:00 Mini Box Lunar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: