AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Campanha de Vacinação contra a gripe inicia hoje e deverá imunizar 161 mil pessoas

Bailique – Foto Chico Terra – app.vc/chicoterra

Iniciou-se nesta segunda-feira, 4, a 17ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, que tem como slogan “Contra a gripe, seu escudo é a vacinação”. No Amapá, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) distribuiu no mês de abril, para os 16 municípios, 163 mil doses da vacina, além do material de insumo como seringas. A meta é imunizar 80% do chamado grupo prioritário.

O público-alvo desta campanha são crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes em qualquer período gestacional; mulheres com até 40 dias após o parto; trabalhadores da área da saúde; população indígena; pessoas a partir de 60 anos; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas e portadores de outras condições clínicas especiais.

“O objetivo da campanha é reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrente das infecções causadas pelo vírus Influenza na população-alvo para a vacinação. Por isso, é muito importante que o público atenda ao chamado e compareça nos postos de vacinação”, informou a técnica estadual do Programa de Imunização, Janaina Cristina Nunes.

A meta, este ano, é imunizar 80% de cada grupo prioritário que, juntos, somam 161 mil pessoas no Amapá. Em 2014, o Estado vacinou 80,55% desse público, porém alguns municípios não conseguiram atingir a meta.

A vacina contra gripe é injetável e protege contra três subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e B, além de ser uma das medidas mais eficazes de prevenção a complicações e casos graves de gripe. Segundo o Ministério da Saúde, estudos demonstram que pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

A campanha segue até o dia 22 de maio e neste sábado, 9, acontece o dia “D” de mobilização contra a gripe. Nesse dia, as secretarias municipais de todo o Brasil intensificam as ações de vacinação. Além das Unidades Básicas de Saúde, a campanha ganha reforço de postos volantes em supermercados, igrejas, escolas e outros postos estratégicos, com funcionamento das 8 às 17 horas.

Cuidados

É importante ressaltar que, após a aplicação da vacina, podem ocorrer, de forma rara, dor no local da injeção, vermelhidão na pele e enrijecimento. São manifestações consideradas benignas, cujos efeitos costumam passar em 48 horas. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada ao ovo de galinha e seus derivados. É importante procurar o médico para mais orientações.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: