AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

TJAP estuda meios para melhorar o sistema de atendimento ao público através de suas ouvidorias

Os passos iniciais já foram dados com a designação dos servidores do TJAP, José Nazareno Lopes Machados e Pedro Corrêa da Silva Júnior, para gerenciar a Ouvidoria Interna e a Ouvidoria Externa.

Em reunião com a presidente do TJAP, desembargadora Sueli Pini, e com o corregedor-geral, desembargador Carmo Antônio de Souza, foram debatidas algumas experiências anotadas pelos ouvidores, durante o II Conjud – Colégio de Ouvidores do Judiciário, que aconteceu no começo de outubro, em Gramado/RS, na ocasião apresentadas por tribunais da Justiça brasileira.

O Corregedor Carmo Antônio, que também acumula o cargo de ouvidor-geral, explicou que uma nova estrutura da ouvidoria e a criação de ferramentas de acesso no Portal da instituição certamente dinamizarão o atendimento das demandas, além de propor um leque de informações e respostas ao público. “Isso vai garantir que ninguém fique sem uma resposta e no menor tempo possível”, reforça o desembargador.

As experiências bem sucedidas de outros tribunais devem ser seguidas, afirmou a desembargadora Sueli Pini. O funcionamento de duas ouvidorias amplia a interação com o servidor da Justiça e com o público externo. “Será um termômetro que vai permitir a avaliação contínua da qualidade das ações e dos serviços da Justiça”, assegurou.

Entre as inovações está a possibilidade de ativação da tele-ouvidoria por meio do número 159, o que vai facilitar ao usuário expressar com suas palavras suas reclamações.

Macapá, 21 de Outubro de 2015

Texto: Edson Carvalho

Fotos: Adson Rodrigues

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: