AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Vacinação antirrábica: prefeitura disponibilizará 50 postos fixos nos bairros da cidade

A Prefeitura de Macapá se prepara para dar início a mais uma Campanha de Vacinação Antirrábica, que acontecerá no dia 7 de novembro. A ação ocorrerá somente neste dia e é específica para cães e gatos a partir de dois meses de idade. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) disponibilizará 50 postos fixos espalhados nos bairros da capital que funcionarão das 8h às 17h.

Inicialmente essas ações foram concentradas nos bairros mais periféricos de Macapá, onde foram imunizados até agora 1.378 cães e 526 gatos, utilizando a estratégia casa em casa. Paralelo a atividade na capital, também ocorre a vacinação dos animais da zona rural, onde até o momento já foram vacinados 653 cães e 143 gatos no distrito da Pedreira, 345 cães e 130 gatos no Maruanum.

A coordenação tem a meta de imunizar 45.616 mil animais, e para o dia D de vacinação (7 de novembro) pretende vacinar 35 mil animais. O objetivo é manter o controle da raiva transmitida por animais domésticos. O último caso ocorrido no Amapá foi em 1991, no município de Tartarugalzinho.

“Isso só é possível graças à adesão dos donos de animais de estimação que entendem a importância de manter seus animais saudáveis e às ações que a Divisão de Zoonoses realiza no decorrer do ano”, explica o chefe de Zoonoses da Semsa, Anaid Menezes.

A raiva

É uma doença infecciosa que afeta os mamíferos causada por um vírus que se instala e se multiplica primeiro nos nervos periféricos e depois no sistema nervoso central. A transmissão dá-se do animal infectado para o sadio por meio do contato da saliva por mordedura, lambida em feridas abertas, mucosas ou arranhões. Nas áreas urbanas têm como principal agente transmissor o cão, seguido pelo gato.

Jamile Moreira/Asscom Semsa

Contato: 99135-6508

Fotos: Max Renê

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: