População presta homenagem à funcionária da Prefeitura de Tabatinga assassinada

A funcionária foi encontrada morta pelo seu ex-marido no banheiro de sua residência, no Bairro Comunicações, na segunda-feira (2). Segundo informações de amigos e familiares, Vera teve o pescoço e uma costela quebrada, foi abusada sexualmente e tinha cortes nos pulsos.

 

Homenagem à Vera Catique, em Tabatinga (AM) Marcello Bhacana/EBC/CC
Homenagem à Vera Catique, em Tabatinga (AM) Marcello Bhacana/EBC/CC

Pessoas mais próximas e uma população solidária acompanharam o cortejo de enterro pela Avenida da Amizade, com uma parada em frente ao prédio do Ministério Público para pedir justiça ao caso. Eles também pararam em frente à Prefeitura de Tabatinga, onde o corpo de Vera Catique recebeu homenagem da equipe de trabalho. Depois disso, o corpo da funcionária foi enterrado no Cemitério São Lázaro.

Ainda no velório, as amigas Bibiana Fagundes e Alzenir Pontes deixaram mensagens de carinho, pedindo justiça. O irmão de Vera, André Catique, ressaltou a importância de a sociedade se unir e cobrar providências das autoridades.

“A gente tem que procurar justiça. Tem que fazer justiça. Eu sei que aqui em Tabatinga isso é difícil, mas a sociedade tem que buscar o Ministério Público, que ele pode trabalhar em cima dessa situação e de solucionar esses casos, que acontecem muito aqui”.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. O delegado Jhony Leão informou que, ainda nesta semana, dará entrevista junto com os peritos para esclarecer a investigação dos casos de assassinatos que têm acontecido na cidade.

EBC

Um comentário em “População presta homenagem à funcionária da Prefeitura de Tabatinga assassinada

  • setembro 20, 2016 em 4:32 pm
    Permalink

    Antes de publicar uma coisa que mau se saber deveria procurar informações mas precisas de mas certezas e mostrar a verdade.

    Posto você postou muito foi merda.
    coloque em seu site informações verdadeira não oque você disse que ouviu de pessoas que supostamente eram próximas da vitima.

    Resposta

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.