Orquidário de Macapá serve de berçário e fonte de estudos para apreciadores de orquídeas

O Orquidário Municipal Terezinha Leite Chaves, localizado na área do Horto Municipal, bairro Jardim Felicidade, possui em seu acervo cerca de 380 espécies de orquídeas catalogadas, entre nativas e híbridas. Existente desde 2011, o orquidário é uma grande vitrine e laboratório para estudos e pesquisas de matrizes da planta.

Os visitantes podem contemplar espécies como as Dendrobium phalaenopsis, Denphal phalaenopsis, Phalaenopsis, Palaenopsis hibrido, Vanda e as Catasetum, as mais comuns na região. Segundo Fátima Almeida, responsável pelo orquidário, Macapá possui grande quantidade de espécies de orquídeas. “Nossa região é um grande berçário de espécies nativas e muitas ainda não têm registro, precisam ser descobertas, como é o caso da espécie Catasetum, que está em estudo, mas, preliminarmente, comprovara que é uma espécie híbrida, nativa do Amapá”.

Nova espécie

Em janeiro deste ano, uma nova orquídea foi identificada no Orquidário Teresinha Leite Chaves. Floriu uma espécie nativa, primeiramente catalogada como sendo da família das Catasetum, mas com a filogenia e o DNA não identificados.

A espécie foi encontrada durante excursão de pesquisa, feita em 2016, pelo engenheiro João Batista, orquidófila Fátima Almeida e o biólogo Patrique Cantuária, no município de Serra do Navio (AP). A flor foi enviada para fora do país para ser analisada

Em conjunto com especialista do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa), a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam) fez um trabalho de coleta e catalogação das espécies nativas. Muitas são encontradas frequentemente nos altos de árvores do centro da cidade e nos distritos da capital.

A Semam, órgão que administra o orquidário, está aberta também a ações direcionadas à educação, com o envolvimento das escolas que desejam levar alunos para aulas práticas ou visitas monitoradas. O Orquidário Municipal fica localizado na Rua Clodoaldo da Silva Matias, nº 1530, Jardim Felicidade I, das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira.

Aline Brito

Um comentário em “Orquidário de Macapá serve de berçário e fonte de estudos para apreciadores de orquídeas

  • dezembro 16, 2017 em 8:35 am
    Permalink

    Show as orquídeas são um espetaculo ,muito bom esta fonte de estudo

    Resposta

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.