Educa

Moradores da Vila do Sucuriju receberão atendimentos da Justiça Itinerante

O Judiciário Amapaense busca levar atendimento a todos os seus jurisdicionados, não importa a distância, a localização ou as dificuldades que porventura surjam. Este compromisso é primordial. Neste sentido, a Comunidade do Sucuriju recebe a jornada oficial da Coordenação da Justiça Itinerante, no período de 2 a 5 de Dezembro.

Esta ação contará com a participação do titular da Comarca de Amapá, o juiz José Castelões, e o objetivo será identificar as demandas existentes na comunidade, para que esta seja incluída permanentemente nas ações da jornada itinerante.

vila 3Segundo o juiz Luciano Assis, titular da Vara da Infância e da Juventude- Áreas de Políticas Públicas e Execução de Medidas Socioeducativas da Comarca de Macapá, as observações do juiz Castelões servirão de base para as futuras jornadas do calendário do ano de 2016.

“Nesta edição teremos a Politec que expedirá carteira de identidade e um funcionário da Caesa que levará equipamentos de dessalinização da água”, explica o juiz Luciano Assis.

vila 4O magistrado acrescenta ainda que considera a atuação das jornadas itinerante fluvial, terrestre/rural e agora terrestre/urbana, muito satisfatória, e ainda necessárias, pois leva a Justiça às comunidades isoladas que não tem Posto do Judiciário, como é o caso da Vila do Sucuriju.

“Estou na coordenação desde abril. Nos meses de junho, agosto e outubro participei dos deslocamentos e tenho ótimas impressões sobre o trabalho. Já conseguimos ampliar nosso leque de atendimento, produzindo mais, com menor custo para o Tribunal ante as medidas que tomamos, reduzindo o quadro de servidores que se deslocavam, entre outras. Em contrapartida aumentamos nossa produtividade”, comemora o juiz.

Esta jornada itinerante conta com o apoio do gabinete da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, enfermeiros e da Defensoria Pública.

-Macapá, 2º de Dezembro de 2015-

Texto: Andréa Maciel

Fotos: Adson Rodrigues

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: