Educa

Polícia prende sete garimpeiros em Pontes e Lacerda

Sete garimpeiros foram presos em flagrante por crime de extração ilegal de minérios, em uma área particular denominada Serra Dourada, na cidade de Pontes e Lacerda, no Mato Grosso. Durante a operação, realizada no final da tarde dessa quarta-feira, também foram apreendidos detectores de metais e outras ferramentas.

policia_civil_prende_sete_garimpeiros_em_pontes_e_lacerda
Ferramentas usadas na extração de minérios apreendidas com garimpeiro em Pontes e Lacerda (MT) PJC-MT

Três pessoas que também garimpavam ilegalmente conseguiram fugir. Se condenados, os envolvidos podem pegar pena de até três anos de prisão e multa.

O acampamento estava montado nas proximidades do garimpo ilegal da Serra da Borda, desocupado em janeiro deste ano pelas forças de segurança estadual e federal. Segundo o delegado regional, Vitor Chab, mesmo após a União ter repassando a área para exploração de uma mineradora, muitos garimpeiros ainda fazem incursões no local.

“As forças federais, já desocuparam a área, e hoje a exploração pertence a uma mineradora, que colocou no lugar alguns seguranças privados. Mas temos conhecimento que esses garimpeiros não vêm respeitando a segurança privada e constantemente nós vamos monitorando a área.”

A Polícia Civil informou que os sete homens presos vieram do Pará e de Rondônia. Para Vitor Chab, boa parte das pessoas que ainda tentam explorar de foram ilegal a região vieram de outros estados, fizeram investimento em compras de materiais e querem retorno a todo custo.

“Nesse sonho de encontrar o ouro, muitos deles, por que a maioria não encontra, porque foi uma situação encontrada no início, então eles batem nessa tecla que querem continuar explorando ouro porque fizeram investimentos, viram de outros estados, e não tem como pagar esse investimento e eles ficam nessa corrida do ouro, com sonho de ganhar a vida mais facilmente.”

O delegado disse que as polícias civil e militar estão intensificando ações de repressão e investigação na região. Segundo ele, por causa da proibição da exploração do garimpo, algumas pessoas migram para a cidade de Ponte e Lacerda e sem conseguir ocupação, começam a cometer crimes como furtos e tráfico de drogas.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: