As provas de que a Amazônia está morrendo por causa do desmatamento

Reprodução GreenMe/Greenpeace

A Amazônia está morrendo devido ao desmatamento e o governo não está fazendo o suficiente para proteger uma das áreas mais importantes do planeta para a biodiversidade.

Novas imagens testemunham a gravidade da situação que está ameaçando cada vez mais a floresta amazônica.

O Greenpeace foi ao local para documentar o que vem acontecendo e para alertar sobre o risco que estamos correndo. O governo brasileiro pretende apresentar ao Congresso uma proposta para reduzir as Unidades de Conservação (UC) – uma ferramenta poderosa contra a destruição da floresta. A ideia é eliminar 1 UC e reduzir a área de outras 4.

Por que o Brasil não faz nada, ou não faz o suficiente, para salvar a floresta? Segundo o Greenpeace, a proteção dessas áreas é visto como um obstáculo ao desenvolvimento econômico.

Reprodução GreenMe/Greenpeace

“Ao reduzir as Unidades de Conservação, o atual presidente, Michel Temer, incentivaria a destruição da floresta e trairia aqueles que trabalham para preservá-la. Reduzir essas áreas protegidas em um momento em que o desmatamento começou a subir significa propor o oposto do que é necessário agora ao Brasil para lutar contra a destruição das florestas. Agora mais do que nunca, é importante pressionar o governo a parar esta proposta e voltar a reduzir o desmatamento”, explicou Cristiane Mazzetti, da campanha Amazônia do Greenpeace Brasil.

O estado do Amazonas possui a maior área contínua de floresta amazônica, e há ainda muitas áreas de floresta intacta. Se tais área forem destruídas, muitos benefícios ambientais para o planeta estariam perdidos. Apenas em 2016, o desmatamento no Estado do Amazonas cresceu 54% em relação ao ano anterior.

Para ver mais fotos acesse o site.

GreenMe

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: