Operação no PA fecha garimpo ilegal em terra indígena de 1 milhão de metros quadrados

Educa

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) fecharam, nesta terça-feira (29), um garimpo ilegal. A operação, realizada por agentes federais fechou um garimpo ilegal que ocupava uma área de cerca de 1 milhão de metros quadrados, dentro da Terra Indígena Apyterewa, no Pará.

No garimpo, conhecido como Pista Dois, foram encontradas sete pás carregadeiras, um trator e dez conjuntos de motobombas, todos instrumentos para escavar o solo da floresta em busca de ouro.

Também foram encontradas armas, munição e mercúrio, produto extremamente tóxico usado para separar o ouro nas atividades de mineração ilegal.

Ninguém foi preso na operação, pois os garimpeiros conseguiram fugir para a floresta, mas foram encontrados documentos de identificação dos donos do garimpo ilegal.

A partir de agora, o trabalho dos investigadores do Ministério Público Federal (MPF) é identificar todos os envolvidos no crime e responsabilizá-los perante a Justiça, pelos crimes e também pelos danos provocados pela atividade criminosa.

Pelas leis brasileiras, responsáveis por crimes ambientais são obrigados a financiar a recuperação da área que degradaram.

EBC

Aprecie a boa música da Amazônia

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.