Ministro de Minas e Energia defende privatização de setores da Eletrobras

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, participou de audiência pública, nesta terça-feira (6), na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), que discutiu alternativas para ampliar o fornecimento de energia na região amazônica.

O ministro disse que o objetivo do ministério é ampliar o fornecimento de energia de qualidade e com preços competitivos. Para isso, defendeu entre outras medidas a inclusão de energias renováveis como a eólica, originadas na matriz energética brasileira. O ministro também defendeu a privatização de setores de empresas energéticas para permitir que o setor privado leve energia para o interior da Amazônia.

A solução para levar energia à Amazônia, segundo Fernando Coelho Filho, é privatizar setores da Petrobras e da Eletrobras. O presidente da CI, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), discorda das privatizações neste momento. Para Braga, que já foi ministro de Minas e Energia, “é preciso antes resolver problemas de infraestrutura e dos contratos já firmados privatizar essas empresas significa a mente negada aos brasileiros que vivem nas regiões isoladas no interior da Amazônia ter acesso ao século 20″

Ainda no evento, o ministro Fernando Coelho Filho ainda tratou de outros programas do ministério como RenovaBio que incentiva produção de Biocombustíveis, da situação dos leilões de energia no norte do país e do Marco legal para o setor energético. A audiência pública foi solicitada pelo senador Eduardo Braga e Flecha Ribeiro do PSDB do Pará.

*Ambiente Energia, com Informações da Agência Senado

 

Deixe uma resposta