China e Rússia fazem exercícios militares conjuntos no Pacífico Norte

 

Minsk, 18 – China e Rússia lançaram hoje um treinamento militar conjunto no Pacífico Norte, mostrando o desenvolvimento de uma parceria militar poderosa, enquanto líderes globais se reúnem na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Forças russas e chinesas devem conduzir oito dias de exercícios em terra e no mar, inclusive na defesa de navios de guerra, disse hoje o Ministério da Defesa da China. Não existe uma aliança militar formal entre os dois países, mas eles estão desenvolvendo técnicas e equipamentos comuns para que trinem e lutem juntos.

Ao mesmo tempo, os russos estão reduzindo um dos maiores exercícios militares desde a Guerra Fria. Enquanto os líderes se reúnem nas Nações Unidas, o presidente russo, Vladimir Putin, permaneceu na Rússia para observar os jogos militares, conhecidos como Zapad, perto de sua cidade, São Petersburgo.

“A Rússia está tentando mostrar à Europa e aos Estados Unidos que está pronta para uma guerra em grande nível e por isso devemos todos sentar e falar sobre geopolítica em termos de Rússia”, disse Arseny Sivitsky, diretor do Centro de Estudos de Estratégia e Política Externa de Belarus.

A última série de exercícios começou hoje com o envio de navios de guerra chineses para o porto de Vladivostok, no extremo leste da Rússia, de acordo com o exército russo.

Veja matéria completa no site do Estado de Minas

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: