AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

‘Acabou o amor’: China ordena fechamento de empresas norte-coreanas no país

Principal parceiro e aliado da Coreia do Norte, o governo chinês tomou tal decisão com base nas sanções impostas pelo Conselho de Segurança da ONU, a fim de convencer Kim Jong-un a desistir do uso das suas armas nucleares

As autoridades da China deram um prazo de até 120 dias para que todas as empresas norte-coreanas deixem de atuar no país. A decisão, que foi divulgada nesta quinta-feira (28), no site do ministério do Comércio chinês, foi tomada com base nas mais recentes sanções impostas pelo Conselho de Segurança da ONU.

O objetivo de tais sanções é que a Coreia do Norte se sinta obrigada a parar de investir em testes, produções e ameaças com suas armas nucleares. O forte clima de tensão que toma a Península Coreana nos últimos meses fez com que até a China – que sempre se posicionou do lado de Kim Jong-un – começasse a impor sanções ao país.

Com isso, as empresas sujeitas à ordem devem encerrar as suas atividades em solo chinês até 9 de janeiro de 2018.

Pressão contra Kim Jong-un

O ministério do Comércio chinês divulgou que tomou a decisão em consonância com a nova resolução do Conselho de Segurança da ONU, adotada após o sexto teste nuclear norte-coreano, realizado em 3 de setembro.

Veja matéria completa no Último Segundo – iG

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: