AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Evento no Centro de Convenções do Amazonas movimenta cadeia produtiva do turismo

Em três dias, evento realizado no Centro de  Convenções do Amazonas Vasco Vasques (CCA), administrado pelo Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), movimentou R$ 12 milhões na cadeia produtiva do turismo do Estado. A estimativa é de Maurício Caviachion, diretor da Tribeca Eventos, que organizou a 17ª Convenção Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisa (Conescap).

 A Conescap 2017, que ocupou o CCA, atraiu cerca de 2,5 mil pessoas a Manaus que, pelo menos nos últimos três dias, participaram de passeio ao encontro das águas dos rios Negro e Solimões; visita à comunidade indígena e às cachoeiras do município de Presidente Figueiredo; nado com os botos na cidade de Novo Airão e caminhada no Centro Histórico de Manaus.

Para o empresário Eury Barros, que trabalha no setor há 30 anos, há tempos um evento desse porte não movimentava tanto a cidade; por isso, ele acredita que o turismo de eventos pode contribuir para a consolidação da atividade turística e a divulgação do Estado. “A Conescap movimentou toda a cadeia produtiva do turismo. De caminhadas ao Centro Histórico a passeios ao encontro das águas. De agências de turismo aos caboclos dos barcos das comunidades próximas a Manaus. Muitos foram conhecer Presidente Figueiredo e Novo Airão. Tudo isso deixou o segmento muito agitado e o melhor,  movimentou financeiramente o setor”, disse o empresário.

A contadora Maria do Socorro Galdino de Oliveira, 62, que veio da cidade de Arcoverde, do interior de Pernambuco, para participar da Conescap, disse que voltará ano vem a Manaus com um grupo de turistas da terceira idade. “Estou encantada com tudo que vi. Só não nadei com os botos porque fiquei com um pouco de medo, mas o Amazonas é lindo e, por isso, vou voltar”, afirmou a pernambucana.

De acordo com a Amazonastur, atrair esse tipo de evento fomenta o a atividade econômica do Estado, o que é uma das diretrizes do governo Amazonino Mendes na política de incentivo ao turismo no Amazonas. “Vamos transformar Manaus em um dos principais destinos do país para o turismo de eventos. Temos potencial para isso e a Conescap só veio referendar o que já começamos a fazer”, disse o presidente da Amazonastur, Orsine Junior.

Ainda este mês, o Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques vai receber a segunda edição da Feira Internacional de Gastronomia Amazônica (Figa). “Profissionais e convidados especiais deste setor vão passar por Manaus e mais uma vez a cidade ficará movimentada, contribuindo assim para o incremento econômico do setor e do Estado como um todo”, afirmou Orsine.

Fonte: Governo do Amazonas
Foto Roberto Carlos / Secom

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: