Recuperação da economia apresenta maior consistência, dizem membros do Copom

Brasília, 15 – Os membros do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central afirmaram, por meio da ata de seu último encontro, que a recuperação da economia brasileira “apresenta maior consistência”. “Nesse contexto, entendem que, à medida que a atividade econômica se recupera, a inflação tende a voltar para a meta.”

Essa avaliação mostra, na prática, maior confiança do BC em relação ao atual estágio do crescimento da economia. Isso porque, na ata do encontro anterior, ocorrido em dezembro, o Copom seguia avaliando que a economia seguia em “trajetória de recuperação gradual”.

No documento divulgado nesta quinta-feira, 15, o termo “gradual” não é mais usado para qualificar a recuperação da economia e, em contrapartida, o colegiado passou a ver um crescimento com “maior consistência”.

Na ata divulgada, o BC também reiterou “a visão de que, em decorrência dos níveis atuais de ociosidade na economia, revisões marginais na intensidade da recuperação não levariam a revisões materiais na trajetória esperada para a inflação”.

Em outro trecho do documento, o Copom repetiu a avaliação de que “as perspectivas para a inflação têm evoluído, em boa medida, conforme o esperado”.

Indicadores

O Copom do Banco Central avaliou na ata que os indicadores econômicos divulgados desde a reunião anterior do colegiado – no começo de dezembro – mostram uma recuperação consistente da econômica brasileira.

“A economia segue operando com alto nível de ociosidade dos fatores de produção, refletido nos baixos índices de utilização da capacidade da indústria e, principalmente, na taxa de desemprego”, ponderou a instituição no documento.

De acordo com o BC, o cenário externo tem se mostrado favorável, na medida em que a atividade econômica cresce globalmente. “Isso tem contribuído até o momento para manter o apetite ao risco em relação a economias emergentes, apesar da volatilidade recente das condições financeiras nas economias avançadas”, resumiu a ata.

Na abertura do documento, o Copom também reiterou que cenário básico de inflação tem evoluído, em boa medida, conforme o esperado. “O comportamento da inflação permanece favorável, com diversas medidas de inflação subjacente em níveis confortáveis ou baixos, inclusive os componentes mais sensíveis ao ciclo econômico e à política monetária”, completou o BC.

Veja íntegra no Estado de Minas

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: