Empreendedorismo deve gerar metade das vagas de trabalho em 2018

Educa

Estudo do Santander prevê a criação de 2 milhões de empregos. sendo sendo 1 milhão por trabalhadores por conta própria e microempresas

Os empreendedores deverão ser os principais responsáveis pela melhora do mercado de trabalho em 2018. Das 2 milhões vagas a serem abertas, 1 milhão dos empregos serão criados por empregadores, trabalhadores por conta própria e microempresas, segundo estudo inédito elaborado pelo banco Santander.

Esse número passa a 1,3 milhão quando se considera também as pequenas empresas, diz a nota do economista-chefe do Santander, Maurício Molan.

Os números foram projetados com base na expectativa de crescimento na quantidade de trabalhadores ocupada no Brasil e no aumento esperado do número de novas empresas no país.

Os dados mostram que a abertura de pequenas empresas e o crescimento do número de profissionais autônomos devem ser as alternativas para o brasileiro se ocupar em num momento de fraqueza do mercado de trabalho.

Neste ano, a expectativa do banco é que 2,5 milhões de empresas sejam criadas no país, enquanto a ocupação como um todo deverá ter um aumento de 2,2%.

“A melhora esperada para a economia brasileira deve até ajudar a sustentar o avanço deste brasileiro empreendedor”, diz Molan.

Saiba mais no site Destak

Aprecie a boa música da Amazônia

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.