Israel lança 70 mísseis contra posições iranianas na Síria

Educa

O Exército hebreu informou que o ataque foi em resposta aos disparos contra suas posições em Golã

O exército israelense utilizou 28 aviões e disparou 70 mísseis contra as infraestruturas iranianas na Síria, afirmou o ministério da Defesa da Rússia, segundo o qual metade do projéteis foram destruídos pelo sistema de defesa antiaéreo sírio.

“Vinte e oito aviões israelenses F-15 e F-16 participaram nos bombardeios e dispararam 60 mísseis do tipo ar-terra contra várias regiões sírias”, afirmou o ministério em um comunicado. “Além disso, mais 10 mísseis táticos do tipo terra-terra foram disparados a partir de Israel”, completa o comunicado.

Os ataques, “com o pretexto de ‘responder’ a disparos contra as posições israelenses em Golã”, aconteceram entre 1H45 e 3H45 locais, de acordo com o ministério da Defesa da Rússia. “Foram atingidas posições das forças iranianas e posições ligadas ao sistema de defesa antiaérea síria na área de Damasco e no sul da Síria”, afirmou o ministério.

“Os danos sofridos pelas forças iranianas e as infraestruturas militares e civis sírias estão sendo avaliados”, completa o comunicado.

A operação, uma das mais importantes do Exército israelense nos últimos anos e a de maior envergadura contra objetivos iranianos, visou a origem dos foguetes lançados (contra Golã) e instalações dos serviços de inteligência, logística e armazenamento”, revelou o porta-voz militar Jonathan Conricus.

Saiba mais no Estado de Minas 

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.