Educa

Pré-Seminário capacita técnicos e especialistas sobre cultivo da mandioca

O evento antecede o Seminário de Mandiocultura que acontece nos dias 7 e 8 de junho, na sede do Sebrae Amapá

 

Andréa Maciel

A abertura do Pré-Seminário de Mandiocultura acontece nesta terça-feira (5), às 8h30, na sede da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O objetivo do evento é capacitar técnicos e especialistas, quanto ao cenário de inovações no cultivo da mandioca, por meio de minicursos. As capacitações são gratuitas e continuam nesta quarta-feira (6), a partir das 9h.

O diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga, explica que a finalidade do evento é capacitar a cadeia da mandioca e “esse projeto prepara os técnicos para disseminar conhecimento. Nós precisamos perder a dependência da farinha importada, pois se temos a matéria-prima para produzi-la, porque trazer de fora? Porque deixar de beneficiar o produtor rural local?. Tenho certeza de que todo esse conhecimento contribuirá para o desenvolvimento de políticas que ajudem o produto a chegar no consumidor”, afirma.

O chefe de Transferência de Tecnologias da Embrapa Amapá, Antonio Claudio Almeida de Carvalho, parabeniza o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga, pela parceria na realização do evento. “O Sebrae acredita no projeto da mandiocultura e fez um esforço extremo para que o seminário acontecesse”, afirma o chefe de Transferência de Tecnologias da Embrapa Amapá, Antonio Claudio Almeida de Carvalho.

Para o secretário da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (Sdr), Robério Nobre, as capacitações permitem gerar mais conhecimento, “que precisa ser compartilhado, para que possamos nos apropriar das riquezas do estado, sempre com responsabilidade e pouco impacto”, diz.

O diretor-presidente do Instituto Estadual de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), Hélio Dantas, enfatiza a necessidade de capacitar os técnicos, pois “temos alguns gargalos na questão de mercado que devem ser contornados. Nós ainda somos altamente dependentes de produtos importados e para mudar isso, devemos aprimorar o sistema de produção”, relata.

Autoridades

Compuseram a mesa de abertura do Pré-Seminário de Mandiocultura as autoridades: diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga; chefe de Transferência de Tecnologias da Embrapa Amapá, Antonio Claudio Almeida de Carvalho, secretário da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural do Amapá (Sdr), Robério Nobre e diretor-presidente do Instituto Estadual de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), Hélio Dantas.

Também participaram do evento a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Isana Alencar e a gerente da Unidade de Atendimento Coletivo Agronegócio e Indústria do Sebrae no Amapá, Larissa Queiroz.

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: