UEAP recebe Mostra Cinema em Movimento nos dias 20, 21 e 22 de junho

A UEAP vai receber no mês de junho o “Cinema em movimento”, circuito universitário que ocorre nas 27 Unidades da Federação nos meses de maio e junho de 2018.

Este ano a mostra irá trazer o debate sobre os Direitos Humanos com sessões nos dias 20, 21 e 22 de junho no auditório da UEAP.

Os filmes escolhidos para esta edição do projeto são Betinho – A Esperança Equilibrista, Humano – Uma Viagem pela Vida, e Nunca Me Sonharam.

Todas as sessões são gratuitas, abertas ao público e seguidas de debates com acadêmicos, pesquisadores, pessoas ligadas a movimentos sociais, culturais e de direitos humanos.

“O debate é algo primordial para o projeto. O nosso intuito é que os filmes sejam fios condutores para, justamente, discutir a respeito da temática que eles abordam”, explica Tatiana Maciel, coordenadora da Mostra.

A mostra já passou pela Universidade Federal do Amapá e pelo Colégio Amapaense. A mostra estará nos dias 20, 21 e 22 na Universidade do Estado do Amapá, e no dia 27 as 8 da manhã no Instituto Federal do Amapá.

Realizada pela MPC Filmes, com patrocínio do Instituto Caixa Seguradora, a Mostra conta com um agente mobilizador em cada estado.

Trata-se de um universitário selecionado e capacitado pela MPC Filmes, que passa a ser o responsável, em sua cidade, por articular as exibições em instituições de ensino, divulgar o evento, convidar debatedores para compor as mesas de debates, além de relatar cada sessão.

O universitário Felipe Paixão é o ponto focal no estado do Amapá. Ele fala um pouco sobre o projeto:

Hoje no nosso país existe uma grande discussão sobre o que são Direitos Humanos, a sociedade vem sendo alimentada diariamente pela internet, pelas mídias tradicionais e até mesmo por candidatos a presidência do Brasil com informações incorretas sobre os Direitos Humanos. Nós precisamos alertar a sociedade sobre isso como esse processo vem acontecendo e em como ele pode afetar a vida das pessoas mais vulneráveis. O Cinema em Movimento será uma ótima oportunidade de discussão e aprendizado sobre os Diretos Humanos e os motivos pelos quais a sociedade brasileira precisa defendê-los, explica.

“Essa mostra tem como objetivo principal fomentar, no ambiente acadêmico, o diálogo e a reflexão sobre questões de interesse nacional e histórico abordadas nas obras a serem exibidas. Mais do que uma simples exibição de filmes, a mostra é um espaço de ampla comunicabilidade, constituindo-se um eficaz instrumento de divulgação e multiplicação de mensagens”, completa a diretora geral do projeto, Luciana Boal.

Sobre a MPC Filmes: produtora carioca com mais de 30 anos no mercado brasileiro e internacional. Fundada em 1982 pelo produtor e diretor Alberto Graça e tendo como sócia a produtora Luciana Boal Marinho, a MPC atua nas áreas de produção e difusão de conteúdo audiovisual.

Filmes Selecionados:

Betinho – A Esperança Equilibrista

Dir.Victor Lopes /Brasil / Documentário  / 2015

O filme aborda a vida do sociólogo e ativista Herbert de Souza, que nos anos 80 foi contaminado pelo HIV. Betinho narra a sua saga, entre depoimentos de amigos e parentes que nos revelam um personagem essencial na História do Brasil.

Humano – Uma Viagem pela Vida

Dir. Yann Arthus-Bertrand / França /Documentário / 2015

O documentário reúne depoimentos de pessoas de todo o planeta sobre situações de suas vidas. São mais de 110 entrevistas feitas com pessoas em 65 países, entre anônimos e personalidades, como Bill Gates e o ex-presidente uruguaio José Mujica. Entre os temas abordados, estão o amor, a agricultura, a homossexualidade ou a migração.

Nunca Me Sonharam

Cacau Rohden /Brasil / Documentário  / 2017

Os desafios do presente, as expectativas para o futuro e os sonhos de quem vive a realidade do ensino nas escolas públicas do Brasil. Estudantes, gestores, professores e especialistas discutem uma reflexão fundamental e urgente sobre o valor da educação.

Contato para informações: Felipe Paixão – 96 98115-3566

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.