Coreia do Norte devolve restos mortais de soldados dos EUA que lutaram na Guerra da Coreia

Caixas com os restos mortais foram levadas para a Coreia do Sul e, posteriormente, seguirão para os EUA. Trump agradeceu ao líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Os Estados Unidos anunciaram que Pyongyang entregou, nesta quinta-feira (26), 55 caixas com restos mortais de um número não especificado de soldados americanos que morreram durante a Guerra da Coreia (1950-1953). A entrega cumpre a promessa feita por Kim Jong-un na Cúpula de Singapura, no mês passado.

A Casa Branca disse que um avião C-17 da Força Aérea americana que recolheu os restos mortais em Wonsan, na Coreia do Norte, seguiu para a base aérea de Osan, na Coreia do Sul. No avião viajavam membros do Comando das Nações Unidas na Coreia.

Segundo a imprensa americana, durante os próximos cinco dias em Osan, peritos farão uma análise preliminar dos restos mortais. Na quarta-feira (1º de agosto), os EUA realizarão uma cerimônia oficial de repatriação. Depois, o material será transferido para um laboratório do Pentágono, no Havaí, para tentar identificar os restos mortais por testes de DNA.

Veja íntegra no G1

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: