Educa

Teto para financiar imóvel com FGTS sobe para R$ 1,5 milhão

Alteração integra séries de mudanças decididas pelo CMN e que passar a vigorar em janeiro do ano que vem.

O governo flexibilizou as regras para empréstimo imobiliário pelos bancos e elevou o limite de valor dos financiamentos de imóveis que permitem o uso de recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

As mudanças foram discutidas em reunião do CMN (Conselho Monetário Nacional) nesta terça-feira (31) e entrarão em vigor em janeiro de 2019, com a previsão de injetar cerca de R$ 80 bilhões no setor em seis anos.

Segundo o CMN, o teto do imóvel financiado dentro do SFH (Sistema Financeiro de Habitação) vai subir de R$ 950 mil, valor válido hoje para compradores de imóveis em São Paulo, Minas Gerais, Rio e Distrito Federal, para R$ 1,5 milhão em todos os estados.

Ainda conforme o site da Folha de São Paulo, a decisão reedita uma medida de caráter temporário tomada entre fevereiro e dezembro do ano passado. Agora, o novo valor não terá prazo para acabar. O limite máximo dos juros das operações enquadradas nas regras do SFH é de 12% ao ano, com atualização pela TR (Taxa Referencial).

Veja mais no site Campo Grande News

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: