Google é processado por monitorar usuários de celular ilegalmente

Educa

Ação na Justiça alega que rastreamento é feito independentemente de configuração de privacidade

O Google está sendo acusado em um processo de monitorar ilegalmente os movimentos de milhões de usuários de celulares iPhone e de dispositivos com o sistema operacional Android mesmo quando eles ajustam as configurações de privacidade dos aparelhos para evitar que isso aconteça.

Segundo a ação encaminhada no fim da sexta-feira, o Google assegura falsamente às pessoas que elas não serão rastreadas se desligarem o recurso “histórico de localização” dos celulares e, em vez disso, viola a privacidade ao monitorar e armazenar os movimentos dos usuários.

“A afirmação do Google de que o usuário pode desligar o histórico de localização a qualquer momento simplesmente não é verdade”, afirma o processo encaminhado em um tribunal federal de São Francisco. A ação foi aberta por Napoleon Patacsil, de San Diego, que busca status de processo coletivo em nome dos usuários do Android e de aparelhos da Apple nos Estados Unidos que desligaram o recurso de histórico de localização.

Veja mais no site iBahia

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

INFORME SOCIAL - EVENTO DESTA SEGUNDA-FEIRA 18/11 NA ORLA DO PERPÉTUO SOCORRO