Saiba quais são as atribuições do Ministério do Trabalho e Emprego

O fim do ministério colocar em xeque uma série de serviços prestados aos cidadãos

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) — que segundo o Portal da Transparência conta com 7.046 servidores e gastou, no ano passado, R$ 3 bilhões com a folha — chegará ao fim em janeiro do ano quem vem, de acordo o presidente eleito, Jair Bolsonaro. Segundo ele, a pasta será incorporada por algum outro ministério.

O fim do ministério colocar em xeque uma série de serviços prestados aos cidadãos, além de precarizar a fiscalização de irregularidades trabalhistas e a produção de informações sobre o mercado de trabalho brasileiro. Por meio de suas superintendências regionais, a pasta é responsável pela emissão da carteiras de trabalho em todo o país, por exemplo.

Outro serviço importante prestado pelo órgão é o registro profissional — documento concedido a determinadas categorias regulamentadas por leis federais. Dentre essses grupos, estão jornalistas, publicitários, arquivistas, artistas, sociólogos e secretários.

Veja mais no Contábeis

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.