Ouça "Episódio 52 - Notícias da Amazônia ao vivo com Lívia Almeida" no Spreaker.

Cassinos: Projeto de lei prevê a abertura de cassinos em Minas Gerais e outros estados

O deputado federal, Paulo Azi, apresentou um projeto de lei para a liberação de cassinos, que está sendo discutido na Câmara dos Deputados. Este liberaria a prática com alguns adendos. Nele o número de estabelecimentos seria de compatível com o de habitantes. No páreo, para receber uma dessas unidades, está Minas Gerais, governada por Romeu Zema, que também é favorável exploração dos jogos.

Não é de hoje que a o assunto, sobre a liberação de casas de jogos, entra em pauta, no entanto, muitos políticos se mostram reservados e outros mais animados com os benefícios que esses estabelecimentos podem acarretar.

Esse projeto tem tudo para receber o aval, já que até o Presidente Jair Bolsonaro, mostrou-se interessado na liberação, durante sua campanha eleitoral em 2018, mas também afirmou que devem haver ressalvas, estudos e normativas para controle dessa atividade.

Quem não deixou de expressar a sua opinião foi o governador de Minas Gerais, Romeu Zeta, que mostrou-se a favor de agregar esse comércio para uma maior rotatividade de dinheiro, desde, que sejam escolhidos locais específicos para tal atividade.

Isso firma ainda mais o potencial de Minas Gerais receber um desses grandes empreendimentos. Os brasileiros são um dos maiores consumidores desde tipo de aposta, nos cassinos do exterior é grande a porcentagem de consumidores vindos daqui.

Outro fator importante é que a renda desses cassinos são enormes e sustentam a atividade turísticas de cidades e até países, como ocorre com Las Vegas e seus visitantes anuais que superam o número de turistas que visitam todo o Brasil, durante um ano.

Sem dúvidas, isso iria gerar um impacto gigante no início, mas depois poderia trazer muitos benefícios. O maior problema da positivação do projeto é o seu controle, para que atividades ilícitas não sejam encobertas pelos jogos.

Outro conhecido de Minas Gerais é o novo ministro do turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Em uma entrevista concedida ao site O Tempo, ele comentou sobre a possibilidade. Ele se diz a favor de qualquer atividade que ajude o país a crescer, assim como a implementação dos cassinos. Ele considerada que isso pode trazer um grande investimento estrangeiro e ampliar o fluxo do turismo.

No entanto, o ministro, fez questão de salientar que para a implementação acontecer é indispensável uma governança acirrada com regras claras, licenças limitadas, fiscalização e analises dos administradores.

Na maior parte dos países mais ricos e desenvolvidos, do mundo, são liberados os jogos de aposta, gerando impostos bilionários e empregos para seus cidadãos, é nesta direção que o Brasil deve seguir.

Enquanto esse trâmite está sendo discutido os brasileiros podem contar com a aposta virtual. A lei libera os sites de jogos, com sede fora do Brasil, a oferecer diversas modalidades de entretenimento que valem dinheiro.

Essas casas de apostas com bônus são velhas conhecidas do público nacional, pela facilidade de jogar, pagar e efetuar as transações bancárias. Elas são o primeiro indicio de que as antigas jogatinas estão prestes a retornar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: