Educa

Operação Acolhida:12 municípios recebem 230 venezuelanos

Educa

Duzentos e trinta imigrantes e refugiados venezuelanos saíram nesta quarta-feira (13) de Boa Vista, Roraima, para 12 municípios brasileiros, entre eles São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Cuiabá e Porto Alegre.

Os venezuelanos serão acolhidos e acompanhados em centros de moradia, onde receberão informações sobre serviços públicos de saúde e educação, oportunidades de emprego e residência fixa.

A ação é mais uma etapa do programa de interiorização da Operação Acolhida, que completa um ano este mês.

De acordo com o governo federal, o intenso fluxo migratório sobrecarregou os serviços públicos em Roraima.

A Coronel Carla Beatriz, coordenadora da Operação Acolhida destaca que o foco da ação a partir de agora é ampliar o processo de interiorização para reduzir os impactos no estado fronteiriço.

SONORA: inda temos muita gente nas ruas, a ideia é ampliar as estruturas dos atuais abrigos e a interiorização.

Cerca de 6 mil venezuelanos estão nos 11 abrigos e uma base de apoio da Operação Acolhida na fronteira.

5.245 venezuelanos já foram deslocados voluntariamente para 17 estados.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados participa das ações de interiorização.

O porta-voz do Acnur, Luiz Fernando Godinho, afirma que o programa tem tido êxito.

No próximo dia 23, outros 100 venezuelanos serão encaminhados para dourados, Mato Grosso do Sul.

Esse grupo já sai de Roraima com vagas de emprego garantidas em uma empresa da industria alimentícia do município.

EBC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.