Educa

Novo ministro se compromete a melhorar índices da educação

Ao tomar posse, o novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, prometeu melhorar os índices que medem a qualidade da educação no Brasil, usando os mesmos recursos que hoje são destinados à pasta.

Com o que o país gasta na educação em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), é preciso entregar mais, afirmou o ministro.

Atualmente, o Brasil investe o equivalente a 5,5% do PIB, que é a soma dos bens e serviços produzidos no país. Considerando apenas os gastos públicos, com educação pública, esse investimento é equivalente a 5% do PIB.

O novo ministro da Educação disse ainda que pretende pacificar o MEC e que está aberto ao diálogo e deixou claro que, para o funcionamento da pasta, é preciso ter unidade.

O presidente Jair Bolsonaro justificou a escolha de  Weintraub para o Ministério da Educação afirmando que ele preencheu pré-requisitos previamente definidos e que ele terá liberdade para escolher a própria equipe.

O  Pisa citado pelo presidente é o Programa Internacional de Avaliação de Alunos, no qual o Brasil ocupa a posição número 63 em ciências; 59 em leitura e a posição de número 65 em matemática.

EBC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.