Idosos e povos indígenas têm até 3 de maio para vacinar-se contra gripe

Nesta segunda-feira, 29, mais dois grupos prioritários começam a receber a vacina contra a gripe. De 29 de abril a 3 de maio, indivíduos com 60 anos ou mais e a população indígena devem ir até a unidade de saúde mais próxima para se vacinar. Os acamados e com problema de locomoção serão atendidos pelas Equipes de Saúde da Família.

Para a população a partir de 60 anos, a Coordenação Municipal de Imunização tem a meta de vacinar 21.401 pessoas, o segundo maior grupo prioritário da campanha. “Idosos e crianças são os maiores grupos e os mais suscetíveis a certas infecções, como é o caso da gripe. Na medida em que o sistema imunológico naturalmente se torna mais fraco com o envelhecimento, não se vacinar significa expor-se a um risco desnecessário de infecções por doenças preveníveis que podem agravar quadros crônicos”, conta a coordenadora de Imunização, Jorsette Cantuária.

A campanha, que iniciou dia 10 de abril, já vacinou 15.304 pessoas, entre grávidas, crianças, puérperas e trabalhadores da saúde. No sábado, 4, a Prefeitura de Macapá fará o dia D de vacinação, onde todas as unidades de saúde funcionarão até as 17h, para atender todos os grupos prioritários. “O dia D é o momento que, independente de cronograma, todos os públicos-alvo podem se vacinar. É a oportunidade para quem perdeu o cronograma ou quer antecipar a vacinação”, conclui Cantuária.

Além dos idosos e indígenas, devem receber a vacina crianças, gestantes, trabalhadores da saúde, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), professores, pessoas portadoras de doenças crônicas, profissionais das forças de segurança e salvamento, população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional.

Veja o calendário:

10 a 19 de abril – crianças de 6 meses a menores de seis anos e gestantes;

22 a 26 de abril – trabalhadores da saúde; puérperas;

29 de abril a 03 de maio – indivíduos com 60 anos ou mais, povos indígenas;

04 de maio – Dia D de Mobilização Nacional;

06 a 10 de maio – professores;

13 a 17 de maio – portadores de doenças crônicas;

20 a 24 de maio – profissionais das forças de segurança e salvamento, do sistema prisional, população privada de liberdade;

27 a 31 de maio – adolescentes de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas.

Jamile Moreira

Clique aqui e Inscreva-se agora!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: