Blitz sensibiliza mulheres sobre os 12 anos da Lei Maria da Penha

Educa

A Prefeitura de Macapá promoveu uma programação especial nesta terça-feira, 7, no Centro, para comemorar os 12 anos de criação da Lei Maria da Penha. A programação orientou as mulheres sobre a lei e as diferentes formas de violência. A blitz educativa ocorreu em frente à Maternidade Mãe Luzia, entre a Avenida FAB e Rua Jovino Dinoá.

 

“Abordamos as mulheres para falar sobre as formas de violência física, moral, sexual, psicológica e patrimonial. A Lei Maria da Penha completa 12 anos hoje e temos que ajudar as mulheres a saírem desse ciclo de violência”, frisa a coordenadora municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Jairene Lima.

 

Para a dona de casa Janaina Fernandes, 37 anos, a blitz ajuda na disseminação dos direitos da mulher e também divulga aonde pedir ajuda. “É muito bom saber que temos locais e pessoas que podem ajudar as mulheres vítimas de violência. Já sei que, se eu presenciar, posso chamar a polícia e ajudar”, disse.

 

A programação também ocorreu na Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), onde as colaboradoras da prefeitura participaram de um café da manhã com serviços de massagens, limpeza de pele e designer de sobrancelhas.

 

A Lei

 

Ela recebeu o nome da farmacêutica que foi vítima de violência do seu próprio marido. Em 1983, o esposo de Maria da Penha tentou matá-la com um tiro de espingarda. Ela escapou com vida, mas ficou paraplégica. Ao voltar à casa, sofreu nova tentativa de assassinato, pois o marido tentou eletrocutá-la. Hoje, ela dedica à vida em defesa das mulheres vítimas de violência.

 

Cássia Lima

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: