Banzeiro Brilho-de-Fogo inicia Oficina Rítmica e de Artesanato em Fazendinha

Educa

Oficina Rítmica e de Artesanato em Fazendinha acontece em dois dias para preparação de moradores para o Cortejo de Verão

O projeto cultural Banzeiro do Brilho-de-Fogo inicia nesta quinta-feira, 27, a Oficina Rítmica e de Artesanato no distrito de Fazendinha, para incentivar a participação de moradores no Cortejo de Verão, que integra a programação de férias da Prefeitura de Macapá (PMM), apoiadora da iniciativa musical. As aulas serão ministradas por instrutores do projeto, as inscrições são gratuitas, e qualquer pessoa pode participar, independente de idade ou gênero.

As oficinas fazem parte das atividades do Banzeiro, e são realizadas ao longo do ano em pontos diferentes da cidade, para que mais pessoas se envolvam no projeto fundamentado na inclusão cultural e social, e na valorização das tradições locais. Os instrutores ensinam as técnicas para uso das caixas de marabaixo, que são tambores utilizados nos desfiles, e treinam os sentidos para o ritmo musical e cadência. A oficina de artesanato ensinará a confeccionar adereços.

“As oficinas no distrito de Fazendinha, balneário praiano onde a PMM realiza a maioria da programação de verão, antecedem o Cortejo do Banzeiro propositalmente, é um convite para que os moradores façam parte da nossa apresentação. Desde o início do projeto somos convidados a participar, e os batuqueiros e açucenas na maioria são da capital, mas nosso interesse é que a comunidade faça parte, se apresente para seus vizinhos e familiares, e conheçam mais sobre nossa cultura musical”, disse Adelson Preto, coordenador do projeto Banzeiro.

A escola Caetano Tomás foi escolhida para abrigar a oficina, que será de 15:30 às 17:30, 27  e 28 de junho. O coordenador afirma que durante estes dois dias, os participantes irão se encantar com iniciação musical e  confecção de adereços, e no dia 7 de julho, quando o Banzeiro do Brilho-de-fogo passar com o Cortejo de Verão alegrando os veranistas, haverá representantes do distrito com o tambor na mão ou vestida de açucena.

Projeto Banzeiro

O projeto Banzeiro do Brilho-de-fogo iniciou em 2014, por iniciativa de artistas, músicos, promotores e incentivadores de cultura amapaense, para fazer com que mais pessoas se aproximassem e conhecessem a cultura tradicional do Amapá, os sons do batuque e marabaixo, as músicas que falam dos costumes e das povo. As oficinas são realizadas em pontos diferentes, para que mais pessoas sejam alcançadas, e os ensaios  antecedem os cortejos, que são três por ano mais as  participações especiais em eventos culturais.

Mariléia Maciel

Aprecie a boa música da Amazônia

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.