Educa

Prefeitura discute proposta de Seminário Internacional das Cidades-irmãs Macapá-Kourou

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, recebeu na noite de segunda-feira, 16, o coordenador do Curso de Relações Internacionais da Universidade Federal do Amapá, professor Tiago Luedy, para tratar sobre a proposta do Seminário Internacional Cidades-irmãs Macapá-Kourou. A ideia do evento é tratar sobre a Cooperação Descentralizada e Paradiplomacia com foco no irmanamento das cidades-irmãs, que culminará com uma programação cultural com os atores de ambos os municípios.

O seminário pretende discutir a possibilidade e a importância dos entes subnacionais firmarem acordos internacionais de cooperação, em especial as oportunidades que a internacionalização de Macapá pode trazer para o contexto local a partir da interlocução com atores globais. Clécio Luís ouviu a proposta e disse que o seminário pode ser expandido inserindo Caiena, onde começou a relação de proximidade como cidades-irmãs.

Fotos: Gabriel Flores

“Há quatro anos o acordo iniciou e, em março deste ano, passou a se concretizar com o Termo de Cooperação, que visa unir as duas cidades, formando relações e mecanismos protocolares em nível espacial, econômico e cultural. Temos uma relação muito boa com a Guiana, especialmente Caiena e Kourou. Apesar de Macapá não ser uma cidade fronteiriça, conseguimos estabelecer boas parcerias de intercâmbio cultural, de conhecimento e econômico. Sem dúvida, este seminário fortalecerá ainda mais esta relação”, complementou o prefeito de Macapá.

O professor e representante do Colegiado de Relações Internacionais da Unifap falou que as oportunidades que se abrem para estados e municípios a partir dessa interlocução do local com o global são inúmeras. “Esses atores têm atuado internacionalmente em iniciativas de cooperação descentralizada, que também são conhecidas por paradiplomacia. A relação cidades-irmãs tem trazido tanto uma perspectiva cooperativa em busca do desenvolvimento econômico entre os atores quanto à possibilidade de trocas culturais, por isso, achamos fundamental consolidar essa parceria”, ressaltou Tiago Luedy.

Após o encontro, as tratativas serão encaminhadas para definir sobre possíveis datas, como os atores participarão, entre outras demandas. Estiveram presentes na reunião o secretário de Gabinete, Sérgio Lemos e Lucas Abrahão.

 

Cidades-irmãs

É o nome dado ao conceito do Termo de Cooperação que tem como objetivo criar políticas de colaboração entre as duas cidades, que, entre assuntos comuns, têm projetos em desenvolvimento sobre a Amazônia.

 

Lilian Monteiro

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: