Condenados à morte sete acusados de ataque a restaurante em Bangladesh

Sentenciados foram considerados autores intelectuais do crime

RTP (emissora pública de televisão de Portugal) BANGLADESH

Um tribunal de Bangladesh condenou hoje (27) à morte sete dos oito acusados do ataque ao restaurante Holey Artisan, em 2016, que causou a morte de vinte e duas pessoas, entre elas, dezoito estrangeiros.

O Tribunal Especial Antiterrorista condenou sete dos acusados à morte e absolveu um, Boro Mizan, “já que a acusação contra ele não pôde ser comprovada”, disse o advogado de defesa de quatro dos acusados, Delwar Hossain.

Os condenados foram considerados autores intelectuais do ataque.

No dia 1º de julho de 2016, cinco criminosos entraram à noite no restaurante e, até serem mortos após uma intervenção das forças de elite do país, torturaram durante horas os reféns.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: