Policiais prendem grupo que praticava estelionato no Rio

Foram apreendidos celulares, carteiras de habilitação e de identidade

Cristina Indio do Brasil

Policiais da 64ª DP, em São João de Meriti, Baixada Fluminense, prenderam, hoje (12), Vagner Bezerra da Silva, Iremene Silva Carvalho, Franklin de Paula Silva Ramos e Jerômino César Silva de Souza. Segundo a Secretaria de Estado de Polícia Civil do Rio de Janeiro (Sepol), eles tentavam sacar R$ 6 mil em uma agência bancária no centro daquele município e depois de presos foram autuados pelos crimes de estelionato, falsificação de documento público, uso de documento falso e formação de quadrilha.

Com os presos foram apreendidos cinco celulares, seis carteiras de habilitação falsas, cinco carteiras de identidade falsas e dez cartões de débito de diversas instituições bancárias.

As prisões ocorreram após investigações sobre a atuação do grupo. De acordo com a Sepol, as investigações indicam que a quadrilha praticava os crimes há, pelo menos, três meses em estabelecimentos nos bairros de Anchieta, na zona norte; Recreio, na zona oeste; e no Centro do Rio de Janeiro. Atuavam ainda nos municípios de São João de Meriti e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

A partir de informações sobre dados bancários e cadastrais de empresas e seus respectivos sócios, que conseguia previamente, a quadrilha falsificava documentos para fazer saques em espécie. Pelos cálculos da Sepol, o prejuízo pode ter alcançado R$ 200 mil nos últimos meses.

A Sepol informou, ainda, que para facilitar a liberação dos valores pelos bancos, um dia antes, os criminosos chegavam a depositar na conta um cheque no valor de R$ 30 mil.

Um dos presos, Franklin, é ex-jogador de futebol e desempenhava a função de motorista da quadrilha. A Polícia apontou Vagner como líder da organização criminosa. Ele possui passagens por tráfico, estelionato, receptação e formação de quadrilha.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: