AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Afrologia Tucuju terá participação especial no aniversário do Bioparque da Amazônia

A Afrologia Tucuju é um movimento literário de Macapá. O grupo participará do aniversário de um ano do Bioparque da Amazônia, neste sábado e domingo, com uma programação especial que envolve feira e Sarau Literário, além de música. A Feira Literária consiste na realização de um Corredor Literário, que vai expor e vender livros durante a programação festiva.

“Teremos também lançamento de livro e o sarau, que trará muita poesia, contação de histórias e músicas autorais do Grupo Kazumba Akelê, da Afrologia Tucuju”, adianta a poetisa Maria Áurea dos Santos, que coordena a programação do movimento, juntamente com Graça Sena.

Nega Áurea, como é conhecida e gosta de ser chamada, diz que a participação no aniversário do Bioparque é importante para o movimento mostrar ao público o potencial que a literatura tem no Amapá. “Já está sendo prazeroso poder participar desse evento, pois o parque faz parte da nossa cultura. A Afrologia está muito feliz”, garante.

No sábado, pela manhã, terá a participação das professoras e poetisas Iguaracema Lima Maciel e Leacide Batista Moura. Além disso, haverá a apresentação do grupo musical Kazumba Akelê. À tarde, acontecerá o Sarau Literário com declamação de poesias, com “As pupilas poetisas da professora Daucimary”, que farão referência ao primeiro aniversário do Bioparque da Amazônia.

A poetisa Patrícia Andrade e os Mcs Yanna e Super Chock também participarão do sarau. Em seguida, acontecerá o show do grupo musical Kazumba Akelê, cantando as raízes da nossa terra.

No domingo, pela manhã, a programação segue com a exposição e comercialização de várias obras literárias, declamações de poesias e muita música. À tarde, terá o lançamento do livro “A abelha e o vagalume”, do escritor amapaense Alex Sandro Silva de Oliveira. Em seguida, a poesia de Annie de Carvalho.

A programação continua com um lindo sarau, que trará contação de histórias do grupo “O Curupira”. Também haverá uma performance de Diennyfer Reis, a “Pérola Negra”, candidata do distrito de Mazagão Velho, Diennyfer Reis ao concurso “A Mais Bela Negra do Amapá”, seguida de muita música do grupo Kazumba Akelê.

“A gente tem uma surpresinha para o público. Uma música do nosso grupo Kazumba Akelê específica para o mestre Sacaca, o grande homenageado pelo Bioparque. Vai ser show”, adianta Nega Áurea.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Volnei Oliveira

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: